Competidores tocantinenses intensificam treinamento para Olimpíada do Conhecimento

admin -

<span style="font-size:14px;">A menos de 15 dias para o in&iacute;cio da Olimp&iacute;ada do Conhecimento, que &eacute; considerado o maior torneio de Educa&ccedil;&atilde;o Profissional da Am&eacute;rica Latina, o Servi&ccedil;o Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Tocantins) tem intensificado o treinamento dos competidores tocantinenses.<br />
<br />
A etapa nacional acontece no per&iacute;odo de 1 a 7 de Setembro em Belo Horizonte (MG) e a disputa re&uacute;ne mais de 800 competidores em 80 ocupa&ccedil;&otilde;es profissionais.<br />
<br />
O SENAI Tocantins estar&aacute; presente no evento com 19 competidores e participam da comitiva tamb&eacute;m um aluno do Servi&ccedil;o Social do Com&eacute;rcio (SENAC) e dois alunos do Instituto Federal de Ci&ecirc;ncia e Tecnologia (IFTO).<br />
<br />
<em>&ldquo;A Ol&iacute;mpiada &eacute; uma grande vitrine da educa&ccedil;&atilde;o profissional. Nela, o SENAI tem a oportunidade de mostrar todas as suas &aacute;reas de atua&ccedil;&atilde;o e tamb&eacute;m o perfil do aluno que n&oacute;s formamos em nossas escolas.</em>&rdquo;, afirmou a gerente de Educa&ccedil;&atilde;o Profissional do SENAI Tocantins, Dini Ribeiro.<br />
<br />
o Centro de Educa&ccedil;&atilde;o e Tecnologia (CETEC) em Aragua&iacute;na, 14 competidores treinam oito horas por dia desenvolvendo as compet&ecirc;ncias e habilidades necess&aacute;rias para a realiza&ccedil;&atilde;o das provas. Em Palmas, tr&ecirc;s competidores treinam na Escola da Constru&ccedil;&atilde;o Civil. J&aacute; em Gurupi, outros dois participantes se preparam no Centro Integrado de Atividades do Trabalhador (CIAT).<br />
<br />
<em>&ldquo;Estamos conhecendo os participantes da competi&ccedil;&atilde;o no intuito de saber qual o processo de treinamento deles e levantar poss&iacute;veis dificuldades para fazer orienta&ccedil;&otilde;es e interven&ccedil;&otilde;es de uma forma bem pontual&rdquo;</em>, disse a psic&oacute;loga Elizabeth Felix, que tem acompanhado os competidores durante a prepara&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
De acordo com o competidor da ocupa&ccedil;&atilde;o Constru&ccedil;&atilde;o em Dry wall e Gesso, Henrique Junior Bila de Aragua&iacute;na, os m&eacute;todos usados pelo professor avaliador tem trazido conhecimento que antes ele n&atilde;o tinha. &ldquo;Meu professor &eacute; exigente, acompanha cada passo que dou na execu&ccedil;&atilde;o dos projetos, estamos treinando muito para representar o nosso Estado na nacional&rdquo; ressaltou o aluno.<br />
<br />
<u><strong>Olimp&iacute;ada do Conhecimento</strong></u><br />
<br />
Os vencedores da Olimp&iacute;ada do Conhecimento elevem seus Estados ao p&oacute;dio e ao topo do ranking brasileiro de forma&ccedil;&atilde;o profissional e tecnol&oacute;gica. Al&eacute;m de medalhas de ouro, prata e bronze, os primeiros colocados ganham certificado de excel&ecirc;ncia, e devem representar o Brasil no WorldSkills Competition, competi&ccedil;&atilde;o internacional de Educa&ccedil;&atilde;o Profissional.</span>

Comentários pelo Facebook: