Seet
Sobral – 300×100

Centro Especializado em Atendimento à Mulher é reativado em Augustinópolis

admin -

<span style="font-size:14px;">O Governo do Estado do Tocantins em parceria com a prefeitura municipal de Augustin&oacute;polis reativaram o Centro Especializado em Atendimento &agrave; Mulher (CEAM), mais conhecido como Delegacia da Mulher.<br />
<br />
O Centro Especializado em Atendimento a Mulher &eacute; uma estrutura essencial do programa de preven&ccedil;&atilde;o e enfrentamento &agrave; viol&ecirc;ncia contra a mulher, uma vez que visa promover a ruptura da situa&ccedil;&atilde;o de viol&ecirc;ncia e a constru&ccedil;&atilde;o da cidadania por meio de a&ccedil;&otilde;es globais e de atendimento interdisciplinar (psicol&oacute;gico, social, jur&iacute;dico, de orienta&ccedil;&atilde;o e informa&ccedil;&atilde;o) &agrave; mulher em situa&ccedil;&atilde;o de viol&ecirc;ncia.<br />
<br />
Deve exercer tamb&eacute;m&nbsp;o papel de articulador dos servi&ccedil;os governamentais e n&atilde;o governamentais que integram a rede de atendimento &agrave;s mulheres em situa&ccedil;&atilde;o de vulnerabilidade social, em fun&ccedil;&atilde;o da viol&ecirc;ncia de g&ecirc;nero, por meio de: Aconselhamento em momentos de crise; Atendimento psicossocial, Aconselhamento, Acompanhamento jur&iacute;dico, Atividades de preven&ccedil;&atilde;o, Qualifica&ccedil;&atilde;o de profissionais, Articula&ccedil;&atilde;o da rede de atendimento local e Levantamento de dados locais sobre a situa&ccedil;&atilde;o da viol&ecirc;ncia contra a mulher.<br />
<br />
<strong>Atendimento</strong><br />
<br />
Espa&ccedil;o de acolhimento/atendimento psicol&oacute;gico, social, orienta&ccedil;&atilde;o e encaminhamento jur&iacute;dico &agrave; mulher em situa&ccedil;&atilde;o de viol&ecirc;ncia.<br />
<br />
<strong>Objetivos</strong><br />
<br />
Atender as necessidades da mulher em situa&ccedil;&atilde;o de viol&ecirc;ncia;<br />
Defesa dos direitos das mulheres e responsabiliza&ccedil;&atilde;o do agressor e dos servi&ccedil;os;<br />
Reconhecimento da diversidade de mulheres;<br />
Diagnosticar o contexto onde o epis&oacute;dio de viol&ecirc;ncia se insere;<br />
Evit&aacute;veis a&ccedil;&otilde;es de interven&ccedil;&atilde;o que possam causar maior risco &agrave; mulher em situa&ccedil;&atilde;o de viol&ecirc;ncia;<br />
Articula&ccedil;&atilde;o com demais profissionais dos servi&ccedil;os da Rede;<br />
Gest&atilde;o Democr&aacute;tica. Envolvimento de mulheres no monitoramento das a&ccedil;&otilde;es.<br />
<br />
<strong>Equipe do Atendimento</strong><br />
<br />
Ana Claudia Malcher Dias<br />
Assistente Social<br />
<br />
Flaviane Nogueira Mota<br />
Administrativo<br />
<br />
Maria Elza da Rocha Santana<br />
Aux. Servi&ccedil;os gerais<br />
<br />
Lorenna Brasil Carvalho<br />
Psic&oacute;loga<br />
<br />
Susy Kelly Azevedo de Melo<br />
Pedagoga<br />
<br />
<strong>Hor&aacute;rio de Funcionamento</strong><br />
<br />
07:00 &aacute;s 13:00<br />
Segunda a sexta-feira<br />
Rua Tiradentes, ao lado do Detran<br />
Fone: (63) 3456-1976<br />
E-mail: <a href="http://cramaugustinopolis@outlook.com" target="_blank">cramaugustinopolis@outlook.com</a></span>

Comentários pelo Facebook: