Candidato a governador do PRTB desiste da disputa após TRE indeferir seu pedido de registro

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
O candidato a governador do Tocantins pelo PRTB, Lu&iacute;s Cl&aacute;udio, desistiu da sua candidatura ao Pal&aacute;cio Araguaia. O comunicado foi encaminhado &agrave; imprensa no final da tarde desta segunda-feira (1). &nbsp;</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">A desist&ecirc;ncia de Lu&iacute;s Cl&aacute;udio est&aacute; relacionada a &quot;quest&otilde;es jur&iacute;dicas&quot;.&nbsp;Em decis&atilde;o reiterada, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) indeferiu seu pedido de registro de candidatura, sob a alega&ccedil;&atilde;o de que foi intempestivo (feito fora do prazo).</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Em nota, o candidato diz que na sua convic&ccedil;&atilde;o o prazo estava ainda a tempo do registro da sua candidatura e lamenta o acontecimento.&nbsp;Confira na &iacute;ntegra o que o ex-candidato relata.<br />
<br />
<br />
<u><strong>NOTA</strong></u><br />
<br />
<em>Infelizmente, por quest&otilde;es jur&iacute;dicas, desisto da minha candidatura ao cargo de Governador do Tocantins.<br />
Em decis&atilde;o reiterada, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) indeferiu a minha candidatura, sob a alega&ccedil;&atilde;o de que o meu registro foi intempestivo (fora do prazo).<br />
<br />
Ap&oacute;s uma an&aacute;lise profunda da decis&atilde;o, entendo que raz&atilde;o assiste &agrave;quela corte. Lamentavelmente, mesmo com o recurso apresentado junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), reconhe&ccedil;o que o meu registro foi feito no dia 12/07, data que o TRE n&atilde;o reconhece como leg&iacute;tima para o deferimento da candidatura. Sou ficha limpa e, assim, quero continuar a s&ecirc;-lo.<br />
<br />
Fiz a minha parte e, enquanto pude, tentei contribuir com o processo de forma democr&aacute;tica e esclarecedora, com propostas e ideias importantes para o desenvolvimento do nosso Tocantins. Desejo aos candidatos que permanecem na disputa toda a sorte do mundo e que o povo possa escolher aquele que apresentar as melhores propostas.<br />
<br />
Essa minha atitude &eacute; em respeito &agrave; &eacute;tica e &agrave; transpar&ecirc;ncia, que sempre pautaram a minha vida p&uacute;blica e pessoal. Agrade&ccedil;o o apoio da minha querida Gurupi, dos meus familiares e amigos, do carinho dos eleitores do Tocantins e renovo o meu compromisso de que demos s&oacute; o primeiro passo de uma longa caminhada.<br />
<br />
Cordialmente,<br />
<br />
LU&Iacute;S CL&Aacute;UDIO BARBOSA</em><br />
<br />
<br />
<u><strong>Decis&atilde;o do TRE/TO</strong></u><br />
<br />
Na &uacute;ltima quinta-feira, (28), o Candidato ao governo do estado Lu&iacute;s Cl&aacute;udio (PRTB), foi suspenso pelo TRE tendo o tempo de propaganda eleitoral na r&aacute;dio e na TV impedidos.<br />
<br />
Na decis&atilde;o, o TRE considerou que o registro de candidatura foi feito fora do prazo estipulado e que o PRTB se registrou para a corrida eleitoral duas vezes, j&aacute; que inicialmente fazia parte da coliga&ccedil;&atilde;o do candidato Sandoval Cardoso (SD). O tempo que o partido teria na propaganda gratuita ser&aacute; dividido entre as outras coliga&ccedil;&otilde;es.<br />
<br />
O PRTB tinha um minuto e oito segundos de tempo no r&aacute;dio e na TV. Com a decis&atilde;o, a coliga&ccedil;&atilde;o de Sandoval Cardoso ser&aacute; a maior beneficiada com dois ter&ccedil;os do tempo, o que significa 44 segundos a mais de programa.<br />
<br />
Segundo informa&ccedil;&otilde;es do TRE/TO, o motivo &eacute; o fato do PRTB integrar inicialmente a coliga&ccedil;&atilde;o de Sandoval. Isso aconteceu antes de a executiva nacional do partido de Lu&iacute;s Cl&aacute;udio intervir e decidir entrar com candidatura pr&oacute;pria.</span>

Comentários pelo Facebook: