Seet
Sobral – 300×100

Produtores de Soja declaram apoio a Marcelo Miranda

admin -

<span style="font-size:14px;">Reunidos nesta segunda-feira (01) em Palmas, a Associa&ccedil;&atilde;o dos Produtores de Soja do Tocantins &ndash; APROSOJA Tocantins &ndash; declarou apoio &agrave; candidatura de Marcelo Miranda (PMDB) ao governo do Estado, e &agrave; K&aacute;tia Abreu que disputa &agrave; reelei&ccedil;&atilde;o ao Senado Federal. A decis&atilde;o cumpre determina&ccedil;&atilde;o tomada em Assembleia Geral dos produtores rurais realizada no &uacute;ltimo dia 02 de agosto.<br />
<br />
Segundo a associa&ccedil;&atilde;o, o apoio decorre do compromisso que o candidato Marcelo Miranda assumiu de encaminhar ao Poder Legislativo estadual a revis&atilde;o da Lei N&ordm; 2.828/2014, decorrente da aprova&ccedil;&atilde;o da Medida Provis&oacute;ria 26/2013 que aumentou de forma abusiva os emolumentos cobrados dos produtores rurais e da sociedade em geral pelos Cart&oacute;rios.<br />
<br />
Ruber Ritter, presidente da APROSOJA,&#8203; que re&uacute;ne cerca de 500 produtores,&#8203; disse que &ldquo;o candidato a governador Marcelo Miranda demonstrou grande sensibilidade com as reivindica&ccedil;&otilde;es da classe produtiva que vive da agricultura, e por isso se tornou merecedor do nosso apoio&rdquo;.<br />
<br />
Os integrantes da APROSOJA solicitaram ainda um compromisso de Marcelo Miranda para que invista na recupera&ccedil;&atilde;o e conserva&ccedil;&atilde;o das rodovias que escoam a produ&ccedil;&atilde;o agr&iacute;cola do Estado do Tocantins. Para o governador Marcelo Miranda &ldquo;o circulo virtuoso da cadeira produtiva precisa ser visto por diversos &acirc;ngulos, dentre eles um modal de transporte eficiente e uma incid&ecirc;ncia de impostos sobre a cadeira produtiva que n&atilde;o estrangule aqueles que decidem investir no Estado&rdquo;.<br />
<br />
Para o candidato peemedebista ao Governo do Estado &eacute; muito melhor ganhar num volume grande de produ&ccedil;&atilde;o, que vai impactar tamb&eacute;m&nbsp;&#8203;nas vendas de insumos agr&iacute;colas e maquin&aacute;rios&#8203; agr&iacute;colas&#8203;, com consequente &#8203;aumento na &#8203;gera&ccedil;&atilde;o de empregos, do que onera&#8203;r&#8203; uns poucos e v&ecirc;-los limitar a capacidade produtiva.</span>

Comentários pelo Facebook: