Seet
Sobral – 300×100

Aragão desabafa e afirma que ladrões do Igeprev deveriam estar presos e não disputando eleições

admin -

<span style="font-size:14px;">Em entrevista aos portais AF Not&iacute;cias e Aragua&iacute;na Not&iacute;cias, o deputado estadual e candidato ao Senado, Sargento Arag&atilde;o (PROS), falou de suas propostas para o Tocantins, disse que a terceiriza&ccedil;&atilde;o da sa&uacute;de serve apenas de cabide de emprego, alfinetou a senadora K&aacute;tia Abreu e afirmou que os candidatos envolvidos no rombo milion&aacute;rio do Igeprev (Instituto de Gest&atilde;o Previdenci&aacute;ria do Tocantins) deveriam estar presos e n&atilde;o disputando elei&ccedil;&otilde;es.<br />
&nbsp;<br />
Questionado sobre seus objetivos enquanto candidato ao Senado Federal, Arag&atilde;o disse que seu projeto &eacute; simples, por&eacute;m voltado para o povo tocantinense. O candidato aproveitou ainda para destacar o trabalho do falecido senador Jo&atilde;o Ribeiro e criticar a atua&ccedil;&atilde;o parlamentar de K&aacute;tia Abreu.<br />
&nbsp;<br />
– <em>&ldquo;Engra&ccedil;ado que em todas as cidades que passamos n&oacute;s n&atilde;o encontramos nenhuma obra da senadora K&aacute;tia Abreu. J&aacute; do saudoso senador Jo&atilde;o Ribeiro encontramos creches, escolas, postos de sa&uacute;de e muitas outras obras. Eu quero ser senador do povo do Tocantins. Quero ser conhecido no Brasil, mas minha prioridade &eacute; meu Estado&rdquo;</em>, disse<br />
&nbsp;<br />
<u><strong>Cr&iacute;ticas &agrave; doa&ccedil;&atilde;o da FUNTROP e HDT</strong></u><br />
&nbsp;<br />
O deputado estadual afirmou tamb&eacute;m que n&atilde;o h&aacute; proporcionalidade em trocar um patrim&ocirc;nio de R$ 35 milh&otilde;es por apenas 20 vagas para o curso de medicina. &nbsp;<br />
&nbsp;<br />
Em 2013, o Governo do Estado fez a doa&ccedil;&atilde;o do Hospital de Doen&ccedil;as Tropicais e da Funda&ccedil;&atilde;o de Medicina Tropical &agrave; Universidade Federal do Tocantins (UFT) em troca da abertura do curso de medicina em Aragua&iacute;na.<br />
&nbsp;<br />
– <em>&ldquo;Engra&ccedil;ado que ningu&eacute;m quer doar o Hospital Regional de Aragua&iacute;na e ningu&eacute;m quer receb&ecirc;-lo como doa&ccedil;&atilde;o, mas o que est&aacute; funcionando bem eu quero. Em 2012, o HDT foi o &uacute;nico hospital do Tocantins a receber o pr&ecirc;mio de excel&ecirc;ncia. Mas esse que &eacute; bom eu n&atilde;o quero.&nbsp;Esse eu vou doar para a UFT.&nbsp; E depois vem algu&eacute;m e diz&nbsp;que &eacute; a m&atilde;e das 20 vagas do curso de medicina de Aragua&iacute;na. &nbsp;Vem c&aacute;, Aragua&iacute;na est&aacute; t&atilde;o pequena que pra ter um curso de medicina algu&eacute;m tem que entregar seu maior patrim&ocirc;nio? </em>&rdquo;, questionou Arag&atilde;o.<br />
&nbsp;<br />
<u><strong>Sa&uacute;de</strong></u><br />
&nbsp;<br />
A crise na sa&uacute;de do Estado n&atilde;o &eacute; provocada pela falta de recursos, mas principalmente por aus&ecirc;ncia de gest&atilde;o, segundo Sargento Arag&atilde;o.<br />
&nbsp;<br />
– <em>&ldquo;N&oacute;s tivemos mais de 2 bilh&otilde;es de reais para 2014. &nbsp;Mas o problema tamb&eacute;m n&atilde;o &eacute; s&oacute; falta de gest&atilde;o, o problema &eacute; o roubo, a corrup&ccedil;&atilde;o. Voc&ecirc; compra R$ 40 milh&otilde;es de rem&eacute;dio e a pessoa entrega o equivalente a R$ 10 milh&otilde;es. E depois compra rem&eacute;dio vencido justamente para jogar fora e culpam o funcion&aacute;rio. Isso n&atilde;o devemos permitir&rdquo;,</em> denunciou.<br />
&nbsp;<br />
<u><strong>Troca-troca de partidos</strong></u><br />
&nbsp;<br />
O candidato ao Senado Federal tamb&eacute;m foi taxativo ao criticar pol&iacute;ticos que n&atilde;o possuem posicionamento claro e definido.<br />
&nbsp;<br />
– <em>&ldquo;Parlamentar que foi eleito pela oposi&ccedil;&atilde;o n&atilde;o tem que virar governo. As pessoas votaram nele para fiscalizar o gestor.&nbsp; Tem que ter postura e posicionamento claro. Agora tem muita gente que em 2002 estava com Siqueira, em 2006 foi com Marcelo para ser eleita senadora, em 2010 voltou para Siqueira para eleger o filho a deputado federal, em 2012 esteve com Marcelo Lelis para eleger o outro filho vereador em Palmas e agora, em 2014, retorna aos bra&ccedil;os de Marcelo para tentar se reeleger senadora. N&atilde;o d&aacute; mais para aguentar esse tipo de personagem dentro da pol&iacute;tica do nosso Estado do Tocantins. Isso temos que expurgar</em>&rdquo;, disparou Arag&atilde;o.<br />
&nbsp;<br />
<u><strong>Preparo do concorrente Eduardo Gomes</strong></u><br />
&nbsp;<br />
Questionado se Eduardo Gomes estaria preparado para representar o povo tocantinense no Senado Federal, Arag&atilde;o foi duro ao afirmar que o candidato deveria estar preso. Arag&atilde;o justificou citando o suposto envolvimento de Gomes com o rombo no Igeprev e disse tamb&eacute;m que o candidato &eacute; r&eacute;u em processo que corre em segredo de justi&ccedil;a no STF e ainda teve seu nome estampado na agenda do doleiro Fayed.<br />
&nbsp;<br />
O deputado estadual, que &eacute; tamb&eacute;m membro da Comiss&atilde;o Parlamentar de Inqu&eacute;rito que investiga o rombo no Instituto (CPI do Igeprev), afirmou que em 2010 foi feito um c&aacute;lculo atuarial e mostrava que at&eacute; 2084 os segurados estavam tranquilos com a sua aposentadoria. Repetido esse c&aacute;lculo em 2012, essa previs&atilde;o caiu para 2019.<br />
&nbsp;<br />
– <em>&ldquo;O governo vai ter que aportar recursos para pagar os segurados do Igeprev.&nbsp; Mas quem foi que quebrou a previd&ecirc;ncia? Tem nome, tem cara. T&aacute; l&aacute; escrito. Se algu&eacute;m no passado tamb&eacute;m meteu a m&atilde;o no Igeprev, j&aacute; foi punido ou n&atilde;o foi, vai pra cadeia. N&oacute;s temos que parar desse neg&oacute;cio de ficar acobertando ladr&atilde;o. Ladr&atilde;o tem que ficar na cadeia&rdquo;</em>, finalizou Arag&atilde;o.</span><br />

Comentários pelo Facebook: