Secretaria de Educação orienta escolas sobre aulas durante período seco no Tocantins

admin -

<span style="font-size:14px;">Em raz&atilde;o das altas temperaturas e dos baixos &iacute;ndices de umidade relativa do ar registrados no Tocantins nos &uacute;ltimos dias, as escolas da rede estadual de ensino poder&atilde;o alterar o hor&aacute;rio das aulas enquanto durar a estiagem. A medida &eacute; v&aacute;lida para as aulas no per&iacute;odo vespertino, quando os efeitos do calor e tempo seco s&atilde;o mais intensos.<br />
<br />
A recomenda&ccedil;&atilde;o foi feita pela Secretaria de Estado da Educa&ccedil;&atilde;o e Cultura (Seduc) ap&oacute;s a solicita&ccedil;&atilde;o de algumas comunidades escolares e &eacute; v&aacute;lida mediante o entendimento e acordo da escola com as fam&iacute;lias dos estudantes.<br />
<br />
<em>&ldquo;As escolas que optarem em atender a recomenda&ccedil;&atilde;o devem oferecer e acompanhar atividades extra classe para os alunos. E &eacute; muito importante que a proposta seja discutida com os pais dos alunos. Se eles estiverem de acordo, a escola pode fazer as adapta&ccedil;&otilde;es no hor&aacute;rio</em>&rdquo;, explicou a secret&aacute;ria Adriana Aguiar.<br />
<br />
Conforme o documento da Seduc encaminhado &agrave;s Diretorias Regionais de Gest&atilde;o e Forma&ccedil;&atilde;o (DRGFs), as escolas de tempo integral e de jornada ampliada podem antecipar o hor&aacute;rio do t&eacute;rmino das atividades em at&eacute; uma hora e trinta minutos. J&aacute; as escolas que atendem no per&iacute;odo da tarde podem tolerar a entrada dos estudantes em at&eacute; uma hora depois do hor&aacute;rio normal de aulas.<br />
<br />
A subsecret&aacute;ria da Educa&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica e Cultura da Seduc, Jucylene Borba, refor&ccedil;a que a unidade de ensino da rede estadual que fizer a op&ccedil;&atilde;o pela redu&ccedil;&atilde;o da jornada de aulas durante o per&iacute;odo de estiagem deve adotar atividades extras para os estudantes, por meio de projeto pedag&oacute;gico.<br />
<br />
<u><strong>Per&iacute;odo de estiagem</strong></u><br />
<br />
Os meses de agosto e setembro no Tocantins s&atilde;o per&iacute;odos com temperaturas muito elevadas e baixa umidade relativa do ar. Fatores externos, como queimadas, tamb&eacute;m influenciam as condi&ccedil;&otilde;es do tempo deixando-o ainda mais seco e aumentando a sensa&ccedil;&atilde;o de mal estar.<br />
<br />
Al&eacute;m disso, em muitos munic&iacute;pios do Estado, os &iacute;ndices ultravioletas (UV), que indicam a intensidade da radia&ccedil;&atilde;o solar, t&ecirc;m sido extremos.<br />
<br />
Em Palmas, por exemplo, os &iacute;ndices UV registrados t&ecirc;m sido iguais ou superiores a 11, maior n&uacute;mero na escala que registra a intensidade da radia&ccedil;&atilde;o. Os dados s&atilde;o do Centro de Previs&atilde;o de Tempo e Estudos Clim&aacute;ticos (Cptec), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais</span>.

Comentários pelo Facebook: