Sobral – 300×100
Seet

Prestador de serviços trava sistema online da Secretaria Municipal da Fazenda

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Ap&oacute;s assumir a Secretaria Municipal da Fazenda de Aragua&iacute;na, Alberto Sousa Brito se deparou com uma situa&ccedil;&atilde;o no m&iacute;nimo desconfort&aacute;vel. Conforme informa&ccedil;&otilde;es apuradas pelo <strong><em>AF Not&iacute;cias</em></strong>, o sistema eletr&ocirc;nico da secretaria destinado aos setores de IPTU, Cr&eacute;dito Educativo, D&iacute;vida Ativa, Coletoria, Imobili&aacute;rio dentre outros, est&aacute; com o acesso interrompido pelo t&eacute;cnico respons&aacute;vel que exige a renova&ccedil;&atilde;o do contrato com a Prefeitura de Aragua&iacute;na, que venceu no dia 31 de dezembro.<br />
<br />
Conforme o contrato celebrado com a empresa Biosoft Seguran&ccedil;a, atrav&eacute;s do seu representante F&aacute;bio Nunes de Luna, e assinado em abril de 2012, a prefeitura teria at&eacute; o quinto dia &uacute;til do m&ecirc;s subsequente para efetuar o pagamento. Por&eacute;m, segundo o secret&aacute;rio Alberto, a gest&atilde;o passada efetuou o pagamento antecipado, dia 28 de dezembro, e j&aacute; no dia 01 de janeiro o acesso ao sistema foi bloqueado deixando a popula&ccedil;&atilde;o desassistida dos servi&ccedil;os da secretaria da Fazenda.<br />
<br />
Ainda conforme o secret&aacute;rio, a Procuradoria Geral do Munic&iacute;pio j&aacute; foi informada para tomar as medidas cab&iacute;veis, tendo em vista o Princ&iacute;pio da Continuidade dos Servi&ccedil;os P&uacute;blicos.&nbsp; <em>&ldquo;A popula&ccedil;&atilde;o ficou desassistida e estamos tomando as provid&ecirc;ncias cab&iacute;veis e encaminhando o caso a Procuradoria para que, entendendo cab&iacute;vel, possa adotar as medidas legais e responsabilize a quem de direito para fazer as coisas funcionarem normalmente&rdquo;</em>, afirmou o secret&aacute;rio Alberto Sousa Brito.&nbsp;<br />
<br />
O prefeito Ronaldo Dimas (PR), tamb&eacute;m falou sobre o assunto ao Portal T1 Noticias. Dimas reclamou tamb&eacute;m que at&eacute; o momento, n&atilde;o teve acesso aos dados mais importantes da Prefeitura porque o t&eacute;cnico respons&aacute;vel pelo processamento dos dados da Secretaria da Fazenda travou o sistema exigido um&nbsp; novo contrato. <em>&ldquo;Estamos com dificuldades em acessar os dados porque um t&eacute;cnico respons&aacute;vel pelos dados travou o sistema. Ele est&aacute; fazendo chantagem dizendo que s&oacute; vai destravar o sistema se a Prefeitura fizer um novo contrato, por isso, ainda n&atilde;o tivemos acesso a maioria dos dados&rdquo;</em>, reclamou o prefeito.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;"><u><strong>O outro lado</strong></u><br />
<br />
O <strong><em>AF Not&iacute;cias</em></strong> entrou em contato com o representante da empresa, F&aacute;bio Nunes de Luna. Segundo ele, o sistema foi travado apenas para mudar o per&iacute;odo de apura&ccedil;&atilde;o de 2012 para 2013. Mas como o contrato havia finalizado em 31 de dezembro, o mesmo ficou impossibilitado de providenciar a atualiza&ccedil;&atilde;o do sistema.<br />
<br />
<em>&ldquo;Na verdade n&atilde;o houve um travamento. O sistema foi travado no ano 2012 para abertura de 2013. Como n&atilde;o tinha mais v&iacute;nculo com a prefeitura eu fiquei sem acesso &agrave; secretaria da fazenda. Mas o secret&aacute;rio n&atilde;o quis entender. Era para ter feito essa atualiza&ccedil;&atilde;o no dia 1&ordm; para n&atilde;o causar transtornos aos contribuintes&rdquo;</em>, explicou.<br />
<br />
Ainda conforme F&aacute;bio, a atualiza&ccedil;&atilde;o do sistema consome metade do expediente. <em>&ldquo;At&eacute; o momento ainda n&atilde;o foi feito a virada 2012 para 2013 porque o pessoal n&atilde;o permitiu que eu fizesse. O secretario Alberto disse que iria conversar com o prefeito para dar um retorno, mas o sistema ainda est&aacute; com o acesso liberado para o ano de 2012&rdquo;</em>, concluiu.</span></div>

Comentários pelo Facebook: