Empresário dono de avião apreendido em Goiás é amigo de Marcelo e tem contrato de R$ 17,4 milhões no Governo

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Arnaldo Filho</u><br />
<em>Portal AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
O bimotor prefixo PR GCM, do Tocantins, apreendido em Goi&aacute;s com R$ 504 mil em dinheiro e santinhos dos candidatos Marcelo Miranda e Carlos Gaguim, pertence ao empres&aacute;rio tocantinense Ronaldo&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">Alves Japiass&uacute;</span><span style="font-size:14px;">. Japiass&uacute; atua no ramo da constru&ccedil;&atilde;o&nbsp;civil e mant&eacute;m neg&oacute;cios agropecu&aacute;rios em Porto Nacional.<br />
<br />
Conforme levantamentos, Douglas Marcelo Alencar Schimmitt, preso ontem e apontado pela Pol&iacute;cia Civil de Goi&aacute;s como suposto cabe&ccedil;a do grupo preso em Piracanjuba (GO), foi o representante da empresa Via Dragados em contrato celebrado com governo, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem do Tocantins (Dertins).<br />
<br />
Na &eacute;poca o &oacute;rg&atilde;o era &eacute;poca presidido por Jos&eacute; Edmar Brito Miranda, pai do candidato a governador Marcelo Miranda (PMDB). As informa&ccedil;&otilde;es s&atilde;o do Boletim Oficial do Tribunal de Contas do Estado (TCE-TO), de 3 de outubro de 2012.<br />
<br />
J&aacute; o piloto Roberto Carlos Maya Barbosa mora em Palmas e prestaria servi&ccedil;o para diversos pol&iacute;ticos do Estado, segundo informa&ccedil;&otilde;es repassadas por conhecidos.<br />
<br />
<u><strong>Contratos no Governo Sandoval Cardoso</strong></u><br />
<br />
O propriet&aacute;rio do avi&atilde;o apreendido, Ronaldo Alves Japiass&uacute;, tamb&eacute;m possui contrato milion&aacute;rio no governo de Sandoval Cardoso (SD). Conforme levantamento do <strong><em>AF Not&iacute;cias</em></strong> no Di&aacute;rio Oficial do Estado, do dia 27 de junho de 2014, o empres&aacute;rio assinou um contrato de 17,4 milh&otilde;es de reais com a Ag&ecirc;ncia de M&aacute;quinas e Transportes do Estado (Agetrans).<br />
<br />
A Construtora Alja LTDA foi contratada, por meio de licita&ccedil;&atilde;o modalidade RDC pelo prazo de 24 meses, para executar obras de pavimenta&ccedil;&atilde;o asf&aacute;ltica tipo TSD, drenagem superficial, sinaliza&ccedil;&atilde;o vi&aacute;ria, passeios com acessibilidade, galeria pluviais com obras complementares &agrave; funcionalidade do sistema de &aacute;guas pluviais e elabora&ccedil;&atilde;o&nbsp; dos projetos b&aacute;sico e executivo em Porto Nacional (nos setores Vila Nova; Nova Capital; Jardim dos Ip&ecirc;s; Parque Liberdade e Novo Horizonte). O contrato foi assinado pelo presidente da Agetrans, Alvicto Ozores Nogueira, em 20 de junho de 2014.<br />
<br />
Em 11 de julho de 2014 a Agetrans assinou a ordem de servi&ccedil;o para in&iacute;cio das obras contratadas.<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/dinheiro-edt.jpg" style="width: 620px; height: 400px;" /><br />
(Dinheiro apreendido pela PC de Goi&aacute;s. Total de R$ 504 mil em esp&eacute;cie).</span>

Comentários pelo Facebook: