Ataídes fica indignado com ausência de Marcelo e Sandoval em sabatina

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
Um dos dois &uacute;nicos candidatos que compareceram ao debate promovido pela Faculdade Cat&oacute;lica Dom Orione, em Aragua&iacute;na, na noite dessa sexta-feira, (19), o candidato a governador da coliga&ccedil;&atilde;o &ldquo;Reage Tocantins&rdquo;, senador Ata&iacute;des Oliveira (PROS), fez v&aacute;rias cr&iacute;ticas aos concorrentes. Carlos Potengy tamb&eacute;m compareceu. J&aacute; os candidatos Marcelo Miranda (PMDB), Sandoval Cardoso (SD) e Eula Angelim (PSOL) foram convidados, mas boicotaram o evento.<br />
<br />
<em>&ldquo;O candidato Marcelo e o candidato Sandoval n&atilde;o tiveram preparo e coragem para encarar esse debate. Isso &eacute; um desrespeito com os estudantes e com a popula&ccedil;&atilde;o de Aragua&iacute;na, que compareceu em peso&rdquo;</em>, afirmou Ata&iacute;des, que na ocasi&atilde;o apresentou suas propostas, conversou com os estudantes e respondeu a todos os questionamentos.<br />
<br />
Sobre a sa&uacute;de p&uacute;blica e a situa&ccedil;&atilde;o do Hospital Regional de Aragua&iacute;na, o candidato destacou a falta de gest&atilde;o. <em>&ldquo;Tanto o governo atual quanto o governo anterior prometeram construir esse hospital, em Aragua&iacute;na, e n&atilde;o o fizeram por pura falta de compet&ecirc;ncia&rdquo;</em>, lembrou.<br />
<br />
Ao responder questionamentos sobre o crescimento da viol&ecirc;ncia e do consumo de drogas na cidade, Ata&iacute;des afirmou que &eacute; preciso uma a&ccedil;&atilde;o efetiva do Estado. <em>&ldquo;Hoje, falta estrutura para a pol&iacute;cia trabalhar, e n&oacute;s vamos equipar e valorizar a nossa Pol&iacute;cia Militar&rdquo;</em>, afirmou, acrescentando:<em> &ldquo;Vamos tamb&eacute;m fazer uma pol&iacute;tica preventiva &agrave;s drogas, atrav&eacute;s do incentivo ao esporte e do apoio que as diferentes igrejas realizam com tanto empenho&rdquo;</em>.<br />
<br />
Ao falar sobre Educa&ccedil;&atilde;o, Ata&iacute;des explicou que ir&aacute; investir na infraestrutura, atrav&eacute;s da constru&ccedil;&atilde;o de escolas de ensino integral, e tamb&eacute;m promover&aacute; mudan&ccedil;as nas escolhas de diretores. <em>&ldquo;Hoje, os diretores s&atilde;o escolhidos por indica&ccedil;&atilde;o pol&iacute;tica, mas no nosso governo eles ser&atilde;o eleitos atrav&eacute;s de vota&ccedil;&atilde;o na escola e da aprova&ccedil;&atilde;o de um conselho estadual, formado por professores&rdquo;</em>, anunciou.<br />
<br />
Ata&iacute;des Oliveira tamb&eacute;m falou sobre o seu plano de governo para alavancar a economia do Tocantins e criar mais empregos. <em>&ldquo;Temos que investir na infraestrutura, investir na m&atilde;o de obra, construir centros de conven&ccedil;&otilde;es, inclusive um em Aragua&iacute;na, e desenvolver uma pol&iacute;tica fiscal s&eacute;ria para atrair mais investidores e criar mais emprego e renda&rdquo;</em>, disse.<br />
<br />
Para o coordenador do debate, o professor do curso de Direito da Faculdade Cat&oacute;lica Dom Orione, Sergio Ferradoza, o debate foi muito proveitoso. <em>&ldquo;Pena que nem todos participaram, mas foi muito bom porque representou uma possibilidade dos alunos vivenciarem de perto o funcionamento do sistema democr&aacute;tico, atrav&eacute;s das elei&ccedil;&otilde;es&rdquo;</em>, afirmou o professor.<br />
<br />
Tamb&eacute;m estava presente o outro representante da coordena&ccedil;&atilde;o do debate, o bispo da Diocese de Tocantin&oacute;polis, Dom Geovani de Melo, que destacou a import&acirc;ncia do debate para a exposi&ccedil;&atilde;o de ideias e projetos.</span><br />

Comentários pelo Facebook: