Seet
Sobral – 300×100

Lelis diz que "atentado revela caráter de seus mandantes" e seria o preço por ter rompido com "corja traidora do povo"

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
Durante reuni&atilde;o na regi&atilde;o Norte de Palmas, na noite deste s&aacute;bado (27), a candidata a vice-governadora de Marcelo Miranda, Cl&aacute;udia Lelis, falou sobre a invas&atilde;o de sua casa por criminosos armados durante a manh&atilde;.<br />
<br />
Cl&aacute;udia disse estar indignada com a &ldquo;persegui&ccedil;&atilde;o orquestradas pelos advers&aacute;rios ao seu marido, Marcelo Lelis&rdquo;. <em>&ldquo;Como se n&atilde;o bastasse a injusti&ccedil;a eleitoral que o vitimou, homens orquestrados entraram em nossa casa, reviraram tudo e nos aterrorizaram, coisa que o meu filhinho de oito anos nunca mais vai esquecer&quot;</em> – lamentou Cla&uacute;dia.<br />
<br />
Para o deputado Estadual, Marcelo Lelis, o atentado sofrido em sua resid&ecirc;ncia revela bem o car&aacute;ter de seus mandantes. <em>&quot;A trucul&ecirc;ncia &eacute; a arma deles, sempre foi assim. Paguei pre&ccedil;o alto para romper com essa corja traidora do povo. E se for preciso pagar mais alto ainda, assim o farei&quot;</em> – sentenciou Lelis.<br />
<br />
Lelis pertencia ao grupo de Siqueira Campos e agora &eacute; aliado de Marcelo Miranda.<br />
<br />
<u><strong>Entenda</strong></u><br />
<br />
A resid&ecirc;ncia do deputado Marcelo Lelis (PV), em Palmas (TO), foi invadida por dois homens por volta das 9 horas. Quando Lelis e sua esposa Cl&aacute;udia chegaram de uma caminhada em Taquaralto eles foram surpreendidos pelos bandidos que j&aacute; haviam rendido seu filho, o afilhado e tr&ecirc;s funcion&aacute;rios. A a&ccedil;&atilde;o criminosa demorou cerca de 30 minutos e os homens fugiram em um Corolla que estava parado na porta.<br />
<br />
O caso est&aacute; sendo investigado pela Pol&iacute;cia Civil e nenhum criminoso foi identificado at&eacute; agora.</span>

Comentários pelo Facebook: