Seet
Sobral – 300×100

Professores e alunos buscam apoio da Câmara para impedir fechamento de escola tradicional

admin -

<span style="font-size:14px;">Durante a sess&atilde;o desta segunda-feira 03, a C&acirc;mara Municipal de Aragua&iacute;na (TO) recebeu no plen&aacute;rio da Casa a visita de uma comiss&atilde;o de alunos e professores do Col&eacute;gio Pr&eacute;-Universit&aacute;rio, escola conveniada com a Secretaria Estadual de Educa&ccedil;&atilde;o (Seduc).<br />
<br />
A comiss&atilde;o solicitou apoio aos vereadores para que a unidade escolar n&atilde;o seja extinta. O CPU, que funciona h&aacute; 34 anos, atende em torno de 500 alunos do ensino fundamental II e ensino m&eacute;dio. O pr&eacute;dio onde funciona a escola foi colocado a venda pelos propriet&aacute;rios.&nbsp;<br />
<br />
A escola teve a melhor nota no &Iacute;ndice de Desenvolvimento da Educa&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica (Ideb) de 2013 e 2011, em Aragua&iacute;na.<br />
<br />
Segundo um dos professores da unidade, uma das preocupa&ccedil;&otilde;es &eacute; com a perman&ecirc;ncia da equipe de profissionais e a metodologia de ensino que &eacute; aplicada por eles. <em>&ldquo;Estamos vivendo uma luta constante contra o fechamento dessa institui&ccedil;&atilde;o de ensino, n&atilde;o visamos &agrave; perman&ecirc;ncia do pr&eacute;dio atual, e nem a localidade, e sim a perman&ecirc;ncia da equipe bem como o remanejamento da escola para outro local&rdquo;</em> disse Marcelo Jos&eacute;.<br />
<br />
Os vereadores manifestaram apoio aos alunos e professores para que seja discutida na Casa Legislativa a real situa&ccedil;&atilde;o da escola e seu futuro em 2015, convidando o propriet&aacute;rio do im&oacute;vel, a Secretaria de Educa&ccedil;&atilde;o do Estado, professores e deputados estaduais de mandatos do Munic&iacute;pio para uma sess&atilde;o ordin&aacute;ria que ser&aacute; realizada no dia 11 de novembro no pr&eacute;dio da C&acirc;mara.</span><br />
<br />
<em><span style="font-size: 14px;">(Assessoria de Comunica&ccedil;&atilde;o da C&acirc;mara)</span></em>

Comentários pelo Facebook: