Sobral – 300×100
Seet

Em tom de despedida, Sandoval avalia gestão, deseja sucesso a Marcelo Miranda e diz que cumprirá protocolo na posse

admin -

<span style="font-size:14px;">O governador Sandoval Cardoso avaliou com otimismo os seis meses em que est&aacute; &agrave; frente do Executivo estadual e destacou que &quot;muita coisa foi feita&quot;, mesmo no curto per&iacute;odo de tempo. As afirma&ccedil;&otilde;es, j&aacute; em tom de despedida, foram feita durante</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;entrevista &agrave; r&aacute;dio CBN Tocantins.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;"><em>&ldquo;Meu balan&ccedil;o &eacute; de uma pessoa que tem uma gratid&atilde;o imensa a todos que acreditaram no nosso trabalho. Tenho a certeza que durante esse tempo fiz o m&aacute;ximo que um ser humano pode fazer para contribuir com o Tocantins, tentando minimizar cada problema e buscando as alternativas para que o Estado evolu&iacute;sse, as obras acontecessem, a Sa&uacute;de melhorasse, a Educa&ccedil;&atilde;o fosse mais eficiente; e tenho certeza que o que aconteceu foram obras pelo Estado inteiro, parcerias com prefeituras, respeito aos l&iacute;deres pol&iacute;ticos e &agrave; popula&ccedil;&atilde;o</em>&rdquo;, disse.<br />
<br />
<strong><u>Sa&uacute;de</u></strong><br />
<br />
Sobre a quest&atilde;o da Sa&uacute;de, Sandoval lembrou que, embora o Estado tenha muito para melhorar, o Tocantins &eacute; considerado pelo Sistema &Uacute;nico de Sa&uacute;de (SUS) como o 6&deg; estado melhor avaliado. &ldquo;<em>E isso &eacute; provado quando se entra no HGP [Hospital Geral de Palmas] e se percebe que 50% dos pacientes s&atilde;o de estados vizinhos. E para melhorar mais seria necess&aacute;rio gastar menos e ter uma efici&ecirc;ncia melhor, j&aacute; que o Estado n&atilde;o se resume s&oacute; a Sa&uacute;de e precisamos avan&ccedil;ar nas outras &aacute;reas. Infelizmente,&nbsp; iniciei o governo perto do per&iacute;odo eleitoral e n&atilde;o conseguimos avan&ccedil;ar quanto quer&iacute;amos, mas conseguimos fazer bastante</em>&rdquo;, disse.<br />
<br />
<u><strong>Seguran&ccedil;a P&uacute;blica</strong></u><br />
<br />
Com rela&ccedil;&atilde;o &agrave; Seguran&ccedil;a P&uacute;blica, o governador ressaltou que o Tocantins &eacute; refer&ecirc;ncia para outros estados do Brasil e que Palmas &eacute; considerada a melhor capital para se viver.&nbsp; <em>&ldquo;&Eacute; preciso ter melhoras, mas tudo depende de um grande ajuste que o Estado precisa sofrer. Se a Sa&uacute;de impossibilita e trava esses avan&ccedil;os, ela vai travar tamb&eacute;m para a Seguran&ccedil;a, Infraestrutura, Educa&ccedil;&atilde;o, Agricultura. S&atilde;o ajustes que precisam ser feitos ao longo de um, dois mandatos&rdquo;</em>, afirmou.<br />
<br />
<u><strong>Obras</strong></u><br />
<br />
O governador tamb&eacute;m lembrou das v&aacute;rias obras realizadas nesse per&iacute;odo, como a conclus&atilde;o de trabalhos de pavimenta&ccedil;&atilde;o asf&aacute;ltica. <em>&ldquo;Fazer asfaltos que levaram progresso a munic&iacute;pios que estavam esquecidos me deixou muito feliz. A nossa Carreta da Sa&uacute;de n&atilde;o conseguiu chegar a Mauril&acirc;ndia porque a estrada n&atilde;o permitia e eu tive condi&ccedil;&atilde;o de dar ordem de servi&ccedil;o da obra e j&aacute; vamos inaugurar isso em dezembro. Al&eacute;m disso, temos a estrada que liga Miranorte a Dois Irm&atilde;os, a que liga Garipinho a BR 153, a constru&ccedil;&atilde;o de um novo HGP com 260 novos leitos. Isso me motiva e me deixa muito feliz. A reconstru&ccedil;&atilde;o das rodovias, dos asfaltos urbanos, s&atilde;o obras que v&atilde;o ficar marcadas em mim&rdquo;</em>, disse.<br />
<br />
<u><strong>Economia e agroneg&oacute;cio</strong></u><br />
<br />
Sandoval lembrou que o Estado tem crescido economicamente e que nos pr&oacute;ximos cinco anos o crescimento deve ser mais acentuado, mesmo com as dificuldades da administra&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica. &ldquo;<em>Vale lembrar que a iniciativa privada tem contribu&iacute;do muito para o crescimento do Tocantins. Todos os dias t&ecirc;m chegado novas empresas e hoje a m&atilde;o de obra j&aacute; &eacute; escassa, principalmente a mais pesada, bra&ccedil;al. Digo que o tocantinense tem que aproveitar esse momento para ocupar os melhores espa&ccedil;os, os melhores empregos&rdquo;</em>, refor&ccedil;ou.<br />
<br />
O governador ainda destacou que a principal for&ccedil;a do Tocantins &eacute; o agroneg&oacute;cio e que o Estado precisa ganhar mais, industrializando o que &eacute; produzido na regi&atilde;o, atraindo mais empresas. <em>&ldquo;O bom &eacute; que isso vem acontecendo. Por exemplo, a Friboi &eacute; a maior empresa do ramo frigorifico do Brasil e est&aacute; sendo instalada em Aragua&iacute;na. A Granol, que &eacute; uma das grandes empresas relacionadas a gr&atilde;os, est&aacute; sendo implantada em Porto Nacional&rdquo;,</em> lembrou.<br />
<br />
<u><strong>Resultado das urnas e transi&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
Sobre o resultado das elei&ccedil;&otilde;es de outubro, o governador voltou a lembrar que respeita a decis&atilde;o do povo. <em>&ldquo;Foi uma elei&ccedil;&atilde;o bem dividida, tivemos 44% dos votos e s&oacute; tenho a agradecer a todas as pessoas que acreditam em nosso trabalho, em nossa equipe, a todas as pessoas que participaram de nossa gest&atilde;o. Respeito muito as urnas, a democracia, e tor&ccedil;o para que o Estado continue crescendo</em>&rdquo;, afirmou.<br />
<br />
Ao falar sobre a transi&ccedil;&atilde;o da gest&atilde;o, Sandoval disse que est&aacute; a disposi&ccedil;&atilde;o e que vai cumprir, como manda o protocolo, toda a passagem de cargo, que acontece no pr&oacute;ximo dia 1&deg; de janeiro. <em>&ldquo;J&aacute; come&ccedil;amos a transi&ccedil;&atilde;o e acho isso muito importante. N&atilde;o tenho nenhuma dificuldade, at&eacute; porque esse cargo n&atilde;o &eacute; eterno, a cadeira n&atilde;o &eacute; eterna. S&oacute; tenho a agradecer a experi&ecirc;ncia e espero ter contribu&iacute;do&rdquo;</em>, afirmou.</span>

Comentários pelo Facebook: