Sobral – 300×100
Seet

TCU: Irregularidades na Petrobras podem chegar a R$ 3 bilhões

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Sabrina Craide</u><br />
Ag&ecirc;ncia Brasil</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Processos ainda em an&aacute;lise pelo Tribunal de Contas da Uni&atilde;o (TCU) podem revelar desvios de cerca de R$ 3 bilh&otilde;es em contas superfaturadas na Petrobras. Segundo o presidente do TCU, ministro Augusto Nardes, os ind&iacute;cios de sobrepre&ccedil;o envolvem diversas obras da Petrobras, especialmente de refinarias e plataformas.<br />
<br />
No montante, j&aacute; est&aacute; inclu&iacute;do o preju&iacute;zo de R$ 1,6 bilh&atilde;o na Refinaria de Pasadena, no Texas, Estados Unidos. &ldquo;Eu venho avisando o governo h&aacute; muito tempo de que precisa ter uma aten&ccedil;&atilde;o em rela&ccedil;&atilde;o &agrave; Petrobras&rdquo;, disse o ministro, lembrando que os processos ainda n&atilde;o est&atilde;o finalizados e devem ser julgados pelo tribunal. Para Nardes, as irregularidades na Petrobras s&atilde;o o maior esc&acirc;ndalo j&aacute; analisado pelo TCU.<br />
<br />
Nardes informou que o TCU pedir&aacute; ao Supremo Tribunal Federal (STF) que analise a constitucionalidade do decreto presidencial que aprovou o regulamento simplificado de licita&ccedil;&otilde;es na Petrobras. O presidente do TCU j&aacute; conversou sobre o assunto com alguns ministros, inclusive com o presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski. &ldquo;<em>Vou fazer um apelo para que seja tomada uma decis&atilde;o para evitar o que aconteceu recentemente na empresa, especialmente no caso da [Refinaria de] Pasadena</em>&rdquo;, acrescentou.<br />
<br />
Segundo Nardes, a mudan&ccedil;a daria mais transpar&ecirc;ncia &agrave;s contrata&ccedil;&otilde;es feitas pela Petrobras, porque hoje tr&ecirc;s empresas s&atilde;o convidadas e a Petrobras escolhe uma delas. &ldquo;Fica f&aacute;cil de burlar a transpar&ecirc;ncia&rdquo;, diz. No seu entender, a revoga&ccedil;&atilde;o do decreto pela presidenta Dilma Rousseff seria um gesto para a sociedade brasileira, de busca de transpar&ecirc;ncia.</span>

Comentários pelo Facebook: