Sobral – 300×100
Seet

Prefeitura de Araguaína diz que economizou 1,3 milhão com folha de pagamento, mas pagou consultoria de R$ 473 mil

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<em>Portal AF Not&iacute;cias</em><br />
<br />
A Prefeitura de Aragua&iacute;na informou recentemente que reduziu os gastos totais com folha de pagamento em aproximadamente R$ 1,3 milh&atilde;o no &uacute;ltimo ano, o equivalente &agrave; soma das folhas de onze das menores secretarias do Munic&iacute;pio. O consultoria para as&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">readequa&ccedil;&otilde;es</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;foi feita pelo Instituto Aquila, depois de levantamentos em todos os &oacute;rg&atilde;os&nbsp;municipais desde outubro de 2013.<br />
<br />
<u><strong>Elevado custo e sem licita&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
Apesar da redu&ccedil;&atilde;o apontada pela Prefeitura, o custo da consultoria consumiu quase 37% do total economizado. O contrato com a empresa mineira foi assinado em outubro de 2013 e deveria acabar em outubro deste ano. Em 2014, a Secretaria Municipal de Administra&ccedil;&atilde;o efetuou seis pagamentos que totalizam R$ 473.940,00.<br />
<br />
O Instituto Aquila foi contratado sem licita&ccedil;&atilde;o sob a justificativa de prestar &ldquo;servi&ccedil;os especializados e singulares&rdquo;, em outras palavras, o instituto seria o &uacute;nico que estava em condi&ccedil;&otilde;es de atender o Munic&iacute;pio, apesar de outras empresas do ramo prestarem os mesmos servi&ccedil;os.<br />
<br />
Conforme a prefeitura, as redu&ccedil;&otilde;es foram realizadas em tr&ecirc;s frentes de trabalho: diminui&ccedil;&atilde;o da folha de pagamento, realiza&ccedil;&atilde;o de treinamentos com pessoal e acompanhamento de processos gerenciais.<br />
<br />
<u><strong>Economia n&atilde;o foi &ldquo;passe de m&aacute;gica&rdquo;</strong></u><br />
<br />
A Prefeitura afirmou ainda que dois bons exemplos da economia est&atilde;o na Educa&ccedil;&atilde;o e Sa&uacute;de, secretarias com maior quadro de servidores e consequentemente maior folha de pagamento.<br />
<br />
Na Educa&ccedil;&atilde;o, houve uma redu&ccedil;&atilde;o de R$ 503.423,23 nos gastos com folha. A secretaria diminuiu o n&uacute;mero de servidores excedentes de 2.231 em outubro de 2013 para 1.548 em outubro de 2014. Na Sa&uacute;de, a economia foi de R$ 589.188,35 nos gastos com a folha. No mesmo per&iacute;odo da an&aacute;lise, os servidores da pasta ca&iacute;ram de 1.320 para 1.232.<br />
<br />
Em outubro de 2013, estavam lotados na Prefeitura um total de 4.607 servidores. No &uacute;ltimo m&ecirc;s, este n&uacute;mero reduziu mais de 17%, chegando a 3.801 servidores p&uacute;blicos.<br />
<br />
S&oacute; lembrando que essa redu&ccedil;&atilde;o n&atilde;o se trata de nenhuma m&aacute;gica ou m&eacute;rito da consultoria prestada pelo Instituto Aquila, ela aconteceu, principalmente, devido &agrave; terceiriza&ccedil;&atilde;o dos funcion&aacute;rios da Prefeitura, que passaram a ser contratados pelo ISES &ndash; Instituto S&oacute;cio Educacional Solidariedade.<br />
<br />
<u><strong>…Mas tem tamb&eacute;m seus m&eacute;ritos</strong></u><br />
<br />
Segundo a Prefeitura, atrav&eacute;s da consultoria do Instituto foi implantado em Aragua&iacute;na o Programa de Forma&ccedil;&atilde;o de Gestores, executando 16 projetos de melhorias para servidores.<br />
<br />
Na Secretaria da Sa&uacute;de, por exemplo, os servidores propuseram como projeto-piloto a redu&ccedil;&atilde;o de despesas com &aacute;gua, energia el&eacute;trica e telefonia fixa, reduzindo desperd&iacute;cios no consumo. O trabalho apresenta potencial de economia de 12% dos recursos hoje empregados.<br />
<br />
Juntas, todas as capacita&ccedil;&otilde;es apresentam potencial de economia de at&eacute; R$ 500 mil reais em despesas, com o desenvolvimento de projetos nas secretarias.</span>

Comentários pelo Facebook: