Seet
Sobral – 300×100

Câmara aprova trabalho da ONG Anjo de Quatro Patas; entidade luta pelo respeito aos animais

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
Os idealizadores da &quot;ONG Anjo de Quatro Patas&quot; usaram a tribuna da C&acirc;mara de Vereadores de Aragua&iacute;na (TO), durante sess&atilde;o nesta ter&ccedil;a-feira (2), para falar sobre o trabalho da nova organiza&ccedil;&atilde;o n&atilde;o governamental e a import&acirc;ncia do respeito aos animais.<br />
<br />
A ONG foi criada para cuidar de animais abandonados e fazer trabalho de conscientiza&ccedil;&atilde;o da popula&ccedil;&atilde;o sobre as crueldades que s&atilde;o praticadas contra os bichos dom&eacute;sticos. <em>&ldquo;Os animais tamb&eacute;m precisam de respeito, estamos aqui para defend&ecirc;-los e conscientizar as pessoas para a necessidade de tratar bem os animais. O poder p&uacute;blico deve fazer tamb&eacute;m a sua parte</em>&rdquo;, disse a presidente da ONG,&nbsp; Daniela Amorin.<br />
<br />
Como parte das a&ccedil;&otilde;es de conscientiza&ccedil;&atilde;o, a ONG far&aacute;, no pr&oacute;ximo dia 13 de dezembro, uma grande mobiliza&ccedil;&atilde;o em Aragua&iacute;na com a realiza&ccedil;&atilde;o de passeata que sair&aacute; da Avenida C&ocirc;nego Jo&atilde;o Lima, Pra&ccedil;a Galo, at&eacute; a Pra&ccedil;a das Na&ccedil;&otilde;es.&nbsp;<br />
<br />
De acordo com os organizadores, o evento tem o objetivo de chamar a aten&ccedil;&atilde;o da popula&ccedil;&atilde;o para o sofrimento de animais que s&atilde;o abandonados e maltratados. A organiza&ccedil;&atilde;o tamb&eacute;m pretende arrecadar fundos com a venda de camisetas e outros objetos para ajudar nos custos do tratamento de animais em situa&ccedil;&atilde;o de risco. Al&eacute;m disso, os organizadores v&atilde;o cadastrar pessoas interessadas em adotar um animal. &ldquo;<em>Cuidar de animais abandonados e que sofrem maus tratos virou uma prioridade para n&oacute;s. Animal n&atilde;o &eacute; s&oacute; brinquedo, algo de estima&ccedil;&atilde;o, ou lixo descartado</em>&rdquo;, disse Amorin.<br />
<br />
Os vereadores apoiaram a iniciativa da ONG. O presidente da C&acirc;mara, vereador Marcus Marcelo, que tamb&eacute;m &eacute; M&eacute;dico Veterin&aacute;rio parabenizou a a&ccedil;&atilde;o e lembrou que j&aacute; foi aprovada e sancionada uma lei, de sua autoria, que cria a Cl&iacute;nica Municipal Veterin&aacute;ria. O objetivo &eacute; cuidar de animais doentes, abandonados e que tenham sofrido maus tratos. <em>&ldquo;Apresentei o projeto da cria&ccedil;&atilde;o da cl&iacute;nica e j&aacute; foi transformado em lei. Vamos dar todo apoio &agrave; ONG, pois &eacute; um belo trabalho que est&atilde;o fazendo e merecem nosso reconhecimento&rdquo;</em>, afirmou Marcus Marcelo.</span>

Comentários pelo Facebook: