Sobral – 300×100
Seet

Carteira de Habilitação terá novo modelo a partir de julho de 2015

admin -

<span style="font-size:14px;">A Carteira Nacional de Habilita&ccedil;&atilde;o (CNH) ter&aacute; um novo modelo a partir de julho de 2015, com 28 dispositivos de seguran&ccedil;a para impedir falsifica&ccedil;&atilde;o e adultera&ccedil;&atilde;o. O motorista que tem o modelo atual n&atilde;o precisa trocar o documento. A nova carteira ser&aacute; obrigat&oacute;ria para a primeira permiss&atilde;o para dirigir emitida a partir desta data, para renova&ccedil;&atilde;o e substitui&ccedil;&atilde;o do documento em casos como perda e roubo.<br />
<br />
Com a mudan&ccedil;a, a nova CNH passa a ter um n&uacute;mero maior de dispositivos de seguran&ccedil;a do que a atual. Entre eles est&aacute; um c&oacute;digo cifrado com informa&ccedil;&otilde;es criptografadas, que poder&aacute; ser lido por agentes de tr&acirc;nsito com o uso de aplicativos de celulares. Esse item vai facilitar a identifica&ccedil;&atilde;o de fraudes. H&aacute; tamb&eacute;m mudan&ccedil;as de seguran&ccedil;a na impress&atilde;o. O modelo anterior tinha cerca de 20 itens de seguran&ccedil;a.<br />
<br />
Os documentos do ve&iacute;culo, que s&atilde;o os certificados de registro e de licenciamento, tamb&eacute;m ter&atilde;o mudan&ccedil;as e v&atilde;o contar com 17 dispositivos de seguran&ccedil;a. o objetivo &eacute; evitar falsifica&ccedil;&otilde;es e fraudes no pagamento de licenciamento e Imposto de Propriedade de Ve&iacute;culo Automotor.<br />
<br />
As mudan&ccedil;as n&atilde;o v&atilde;o alterar muito a apar&ecirc;ncia dos documentos, nem aumentar o custo para os condutores e propriet&aacute;rios de ve&iacute;culos, diz o Departamento Nacional de Tr&acirc;nsito (Denatran).<br />
<br />
O coordenador-geral de Informatiza&ccedil;&atilde;o e Estat&iacute;stica do Denatran, Rone Evaldo Barbosa, explicou que os documentos precisam ser atualizados periodicamente com novos itens de seguran&ccedil;a. A Carteira de Habilita&ccedil;&atilde;o, por exemplo, n&atilde;o era atualizada h&aacute; oito anos. Segundo Barbosa, os dispositivos v&atilde;o coibir crimes e aumentar a seguran&ccedil;a para o cidad&atilde;o.<br />
<br />
&ldquo;As fraudes mais comuns s&atilde;o clonagem de ve&iacute;culos, evas&atilde;o fiscal e fraudes contra seguradoras. De uma maneira geral, essa atividade tamb&eacute;m ser&aacute; coibida, uma vez que o infrator n&atilde;o conseguir&aacute; gerar os c&oacute;digos de seguran&ccedil;a que estar&atilde;o no novo documento&rdquo;, explicou Barbosa.<br />
<br />
O novo modelo da habilita&ccedil;&atilde;o foi elaborado durante discuss&otilde;es que envolveram &oacute;rg&atilde;os como Denatran, Conselho Nacional de Tr&acirc;nsito, Pol&iacute;cia Federal, e departamentos estaduais de Tr&acirc;nsito. (</span><span style="font-size:14px;">Ag&ecirc;ncia Brasil)</span>

Comentários pelo Facebook: