Sobral – 300×100
Seet

Lista dos que receberam “caixinha eleitoral” inclui senadores e deputados federais do TO

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
No total, 233 parlamentares receberam R$ 3 milh&otilde;es em doa&ccedil;&otilde;es eleitorais de quase 750 assessores, de acordo com cruzamento de dados feito pela Revista Congresso em Foco com base na presta&ccedil;&atilde;o de contas entregue pelos candidatos &agrave; Justi&ccedil;a eleitoral. Os valores variam de simb&oacute;licos R$ 50 at&eacute; quase R$ 91 mil.<br />
<br />
H&aacute; servidores que abriram m&atilde;o de f&eacute;rias para trabalhar em campanha, outros que cederam horas de trabalho para os chefes, funcion&aacute;rios que tiraram da conta banc&aacute;ria valores at&eacute; superiores aos seus sal&aacute;rios mensais. O esquema da chamada &quot;caixinha eleitoral&quot; foi utilizado por quase metade dos deputados e senadores que disputaram as elei&ccedil;&otilde;es de 2014.<br />
<br />
Embora a lei n&atilde;o pro&iacute;ba esse tipo de pr&aacute;tica, a &quot;caixinha&quot; caracteriza uma clara vantagem dos parlamentares em rela&ccedil;&atilde;o aos candidatos que n&atilde;o possuem mandato. Muitos assessores veem nas doa&ccedil;&otilde;es a chance de continuar no emprego.<br />
<br />
No Tocantins, por exemplo, o senador milion&aacute;rio Ata&iacute;des Oliveira (PSDB), que disputou o Governo do Estado, recebeu R$ 11.150,00 de doa&ccedil;&otilde;es dos seus assessores; a senadora reeleita K&aacute;tia Abreu (PMDB), e futura Ministra da Agricultura recebeu R$ 7 mil; seu filho Iraj&aacute; Abreu (PSD), deputado federal, ganhou R$ 5,2 mil; a deputada federal professora Dorinha (DEM), R$ 5,1 mil, e o deputado federal C&eacute;sar Halum (PRB), R$ 4 mil.&nbsp;&nbsp;<br />
<br />
Maioria dos parlamentares alega que n&atilde;o pressionou nem exigiu qualquer oferta dos subordinados e que as contribui&ccedil;&otilde;es &ndash; em dinheiro ou servi&ccedil;o &ndash; foram de livre e espont&acirc;nea vontade. Pela legisla&ccedil;&atilde;o eleitoral, qualquer pessoa f&iacute;sica pode doar valor correspondente a at&eacute; 10% dos rendimentos que declarou &agrave; Receita Federal no ano anterior.</span>

Comentários pelo Facebook: