Sobral – 300×100
Seet

Dimas apresenta dívidas, mas garante que não afetará compromissos de campanha

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Durante coletiva &agrave; imprensa na manh&atilde; dessa ter&ccedil;a-feira, 22, o prefeito de Aragua&iacute;na, Ronaldo Dimas (PR), apresentou o endividamento do munic&iacute;pio neste in&iacute;cio de ano. Dados preliminares apontam d&iacute;vidas de 77,8 milh&otilde;es de reais, dos quais 50,3 milh&otilde;es referem-se aos d&eacute;bitos contra&iacute;dos na gest&atilde;o do ex-prefeito Valuar Barros.<br />
<br />
Conforme o prefeito, as d&iacute;vidas anteriores ao ano de 2009 somam 24,9 milh&otilde;es de reais, dos quais 20 milh&otilde;es junto ao INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) e 4,5 milh&otilde;es com o IMPAR (Instituto de Previd&ecirc;ncia de Aragua&iacute;na).<br />
<br />
Na gest&atilde;o do ex-prefeito Valuar Barros, 2,4 milh&otilde;es de reais referem-se aos empr&eacute;stimos consignados descontados na folha dos servidores e n&atilde;o repassados &agrave;s institui&ccedil;&otilde;es financeiras. O ex-gestor tamb&eacute;m deixou de pagar 12,1 milh&otilde;es juntos aos fornecedores do munic&iacute;pio.&nbsp; Outros 27,6 milh&otilde;es de d&iacute;vidas com o IMPAR j&aacute; foram parceladas.<br />
<br />
Ainda conforme Ronaldo Dimas, mais de 3 milh&otilde;es foram retidos e n&atilde;o recolhidos ao INSS e IMPAR. Restos a pagar&nbsp; de anos anteriores a 2012 somam 41 mil reais. O munic&iacute;pio ter&aacute; ainda de devolver 2,9 milh&otilde;es proveniente de conv&ecirc;nios que foram indevidamente utilizados.<br />
<br />
O munic&iacute;pio ainda acumula uma d&iacute;vida de 9,2 milh&otilde;es referente aos precat&oacute;rios (valores devidos em decorr&ecirc;ncia de condena&ccedil;&otilde;es judiciais). Em 2013, foram inclu&iacute;dos no or&ccedil;amento 500 mil para pagar parcialmente o valor. J&aacute; 8,7 milh&otilde;es ser&atilde;o inclu&iacute;dos em or&ccedil;amentos futuros.<br />
<br />
Os recursos dispon&iacute;veis em banco totalizam 6,7 milh&otilde;es de reais. Dimas afirmou ainda que h&aacute; 23 milh&otilde;es em d&eacute;bitos inscritos na d&iacute;vida ativa do munic&iacute;pio, valores devidos pelos cidad&atilde;os aos cofres p&uacute;blicos. O prefeito disse ainda que em fevereiro enviar&aacute; um Projeto de Lei &agrave; C&acirc;mara Municipal tratando sobre o Programa de Recupera&ccedil;&atilde;o Fiscal (REFIS).<br />
<br />
Uma auditoria completa ser&aacute; realizada na Prefeitura nos pr&oacute;ximos 60 dias, seguindo recomenda&ccedil;&atilde;o dos Minist&eacute;rios P&uacute;blicos Estadual e Federal, para saber qual o real estado de Aragua&iacute;na nos &uacute;ltimos 5 anos. O prefeito assegurou que a prefeitura n&atilde;o dar&aacute; calote em nenhum fornecedor. &ldquo;<br />
<br />
Ainda conforme Ronaldo Dimas, em rela&ccedil;&atilde;o &agrave;s d&iacute;vidas com fornecedores, maior parte s&atilde;o com a empresa Litucera, respons&aacute;vel pela coleta de lixo, cujo pagamento est&aacute; atrasado desde setembro, e com a Pr&oacute;-Sa&uacute;de, respons&aacute;vel pela administra&ccedil;&atilde;o da UPA &ndash; Aragua&iacute;na Sul, Ambulat&oacute;rio de Especialidades e Hospital Municipal. &ldquo;Se o servi&ccedil;o foi prestado, ser&aacute; pago&rdquo;, afirmou.<br />
<br />
Dimas afirmou que as d&iacute;vidas do munic&iacute;pio n&atilde;o inviabilizam os compromissos de campanha eleitoral, j&aacute; que elas n&atilde;o impedem a renova&ccedil;&atilde;o ou contrata&ccedil;&atilde;o de novos conv&ecirc;nios. &ldquo;A princ&iacute;pio n&atilde;o estamos mudando nada em nosso projeto&rdquo;, garantiu.</span></div>

Comentários pelo Facebook: