Sobral – 300×100
Seet

Presidente Dilma endurece regras para receber abono salarial, seguro-desemprego e pensão por morte

admin -

<span style="font-size:14px;">O governo decidiu alterar as regras para receber cinco benef&iacute;cios trabalhistas e previdenci&aacute;rios para eliminar excessos, aumentar a transpar&ecirc;ncia e corrigir distor&ccedil;&otilde;es. Entenda abaixo as mudan&ccedil;as do abono salarial, do seguro-desemprego, do seguro-defeso, da pens&atilde;o por morte e do aux&iacute;lio-doen&ccedil;a.<br />
<br />
As altera&ccedil;&otilde;es n&atilde;o v&atilde;o afetar os valores de quem j&aacute; recebe os benef&iacute;cios. Segundo o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, as mudan&ccedil;as n&atilde;o s&atilde;o retroativas. As novas regras j&aacute; est&atilde;o valendo e devem gerar redu&ccedil;&atilde;o de custos de, aproximadamente, R$ 18 bilh&otilde;es por ano, a pre&ccedil;os de 2015.<br />
<br />
A &uacute;nica medida anunciada que valer&aacute; para todos os beneficiados ser&aacute; o aumento da transpar&ecirc;ncia dos programas. Os nomes dos beneficiados, a que aux&iacute;lio eles t&ecirc;m direito, por qual motivo e quanto recebem s&atilde;o informa&ccedil;&otilde;es que, de acordo com Mercadante, estar&atilde;o dispon&iacute;veis publicamente na internet, da mesma forma que &eacute; hoje para quem recebe o Bolsa Fam&iacute;lia.</span><br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/mudanca-previdenciario.jpg" style="width: 588px; height: 1200px;" /><br />

Comentários pelo Facebook: