Sobral – 300×100
Seet

Sandoval deixa Palácio pela porta dos fundos e Marcelo volta com a missão de provar que está mais “maduro”

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Arnaldo Filho</u><br />
<em>Opini&atilde;o</em><br />
<br />
O governo tamp&atilde;o de Sandoval Cardoso (SD) chega ao fim de forma melanc&oacute;lica e ca&oacute;tica em todos as &aacute;reas da administra&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica. A crise institucional vai desde a concess&atilde;o desmedida e irrespons&aacute;vel de benevol&ecirc;ncias a v&aacute;rias categorias do servi&ccedil;o p&uacute;blico, no Estado em que os gastos com pessoal j&aacute; ultrapassaram todos os limites, at&eacute; os atrasos reiterados no pagamento dos fornecedores, agravando uma crise j&aacute; generalizada, principalmente na sa&uacute;de.<br />
<br />
Nem os demais Poderes, independentes e harm&ocirc;nicos entre si, como diz a Constitui&ccedil;&atilde;o Federal, escaparam da sanha de irresponsabilidade do atual governo. O repasse do duod&eacute;cimo ao Tribunal de Justi&ccedil;a (TJ), Assembleia Legislativa (AL), Tribunal de Contas do Estado (TCE), Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual (MPE) e Defensoria P&uacute;blica do Estado (DPE) devia ter ocorrido no dia 20 de dezembro, no entanto, todos os &oacute;rg&atilde;os tiveram que recorrer &agrave; justi&ccedil;a para assegurar um &ldquo;direito l&iacute;quido e certo&rdquo;. Caso contr&aacute;rio, entrariam 2015 sem honrar com seus pr&oacute;prios compromissos.<br />
<br />
O homem &ldquo;honrado, cujo pai lhe ensinou o valor do respeito e da honestidade&rdquo;, parece ter sido apenas um fantoche de sua campanha eleitoral. Sandoval agora mostra que tentou vender ao eleitor uma face inexistente em si mesmo, uma ilus&atilde;o, assim como foi o Siqueirido, cheio de promessas mirabolantes, mas que no final tudo terminou no maior golpe contra a democracia tocantinense. Hoje, 31 de dezembro, o governador &ldquo;arrojado&rdquo; que tentou imitar, apenas nas palavras, o conhecido lema de JK (50 anos em 5), ao dizer que fez em cinco meses mais que os advers&aacute;rios em 8 anos, agora deixa o Pal&aacute;cio Araguaia pela porta dos fundos, &agrave;s escondidas para n&atilde;o ser notado.<br />
<br />
De fato, Sandoval entra para a hist&oacute;ria do Tocantins por v&aacute;rios motivos, entre eles por ser o segundo governador na hist&oacute;ria do Estado a terminar o mandato sem pagar o funcionalismo p&uacute;blico (1&ordm; foi Mois&eacute;s Avelino); porque a crise atingiu o &aacute;pice no seu governo; por ter pedido o controle das contas p&uacute;blicas; por ter sido o fruto de um golpe contra a democracia e ainda por ofender a pr&oacute;pria hipocrisia ao fazer tudo o contr&aacute;rio ao que pregou meses atr&aacute;s, durante a campanha eleitoral, quando foi derrotado. Uma verdadeira experi&ecirc;ncia mal sucedida.<br />
<br />
Sandoval foi capaz de reescrever, aos garranchos, o pr&oacute;prio futuro. O jovem de 37 anos, no come&ccedil;o da vida pol&iacute;tica, tinha tudo para ser o &ldquo;nome&rdquo; de um futuro governador, eleito pelo voto popular, precisava apenas mostrar que responsabilidade e car&aacute;ter s&atilde;o virtudes do homem honrado at&eacute; mesmo depois de se perder uma elei&ccedil;&atilde;o. Por&eacute;m, Sandoval mostrou totalmente o contr&aacute;rio.&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;<br />
<br />
J&aacute; Marcelo Miranda entra com a responsabilidade de provar que realmente est&aacute; mais &ldquo;maduro&rdquo; para a gest&atilde;o p&uacute;blica, como ele mesmo disse durante a campanha eleitoral. Erros de outrora n&atilde;o s&atilde;o mais aceitos, como o excessivo n&uacute;mero de servidores comissionados e contratos tempor&aacute;rios, que chegou no seu &uacute;ltimo governo ao impressionante n&uacute;mero de 35 mil.<br />
<br />
A vida tem se mostrado sempre generosa ao nos dar uma nova chance a cada dia para mostrarmos que podemos ser melhores do que antes. Basta sabermos aproveitar essa chance. &Eacute; fato que o Tocantins n&atilde;o suporta mais experi&ecirc;ncias mal sucedidas.</span>

Comentários pelo Facebook: