Sobral – 300×100
Seet

Professor da UFT assume Secretaria Estadual de Educação e Cultura

admin -

<span style="font-size:14px;">O novo secret&aacute;rio da Educa&ccedil;&atilde;o e Cultura do Tocantins, Ad&atilde;o Francisco de Oliveira foi empossado pelo governador Marcelo Miranda (PMDB) durante solenidade realizada na tarde de sexta-feira, dia 2. O evento de posse do secretariado estadual aconteceu no audit&oacute;rio do Pal&aacute;cio Araguaia, em Palmas. Al&eacute;m do novo secret&aacute;rio, Miranda empossou outros 40 membros do governo entre secret&aacute;rios, presidentes de autarquias e funda&ccedil;&otilde;es estaduais.<br />
<br />
Ad&atilde;o Francisco de Oliveira &eacute; professor da Universidade Federal do Tocantins e assume a pasta da Educa&ccedil;&atilde;o com a miss&atilde;o de fortalecer o setor no Tocantins. De acordo com ele, este primeiro momento ser&aacute; de conhecimento do &oacute;rg&atilde;o que ir&aacute; assumir e in&iacute;cio do trabalho &agrave; frente da Seduc. <em>&ldquo;Na pr&oacute;xima segunda-feira, irei &agrave; Secretaria para come&ccedil;ar a fazer uma avalia&ccedil;&atilde;o do quadro na pasta, conhecer a equipe. Sei que temos desafios pela frente e vamos trabalhar para super&aacute;-los&rdquo;</em>, comentou.<br />
<br />
De acordo com o novo secret&aacute;rio, a principal meta neste in&iacute;cio de gest&atilde;o &eacute; fortalecer a educa&ccedil;&atilde;o integral no Tocantins. <em>&ldquo;Educa&ccedil;&atilde;o integral &eacute; algo mais complexo que simplesmente educa&ccedil;&atilde;o em tempo integral. Temos nossas ideias e nossos projetos e vamos implement&aacute;-los dentro do plano de governo do governador Marcelo Miranda&rdquo;</em>, pontuou.<br />
<br />
Para o governador, o fortalecimento da educa&ccedil;&atilde;o tocantinense &eacute; a premissa para o desenvolvimento do Tocantins. <em>&ldquo;Estamos aqui novamente. O quadro &eacute; este. Os l&iacute;deres aumentaram e agora a sociedade passa a perceber o motivo pelo qual lutamos. Na Educa&ccedil;&atilde;o, se voc&ecirc;s analisarem o curr&iacute;culo do nosso secret&aacute;rio, saber&atilde;o que &eacute; uma pessoa mais do que capacitada para o cargo. Eu tenho certeza de que a educa&ccedil;&atilde;o do nosso Estado vai encher o semblante do nosso povo&rdquo;</em>, completou.<br />
<br />
<u><strong>Curr&iacute;culo</strong></u><br />
<br />
Ad&atilde;o Francisco de Oliveira &eacute; doutor em Geografia pelo Instituto de Estudos S&oacute;cio Ambientais (IESA) da Universidade Federal de Goi&aacute;s (UFG), graduado em Hist&oacute;ria pela Universidade Federal de Goi&aacute;s (1996) e mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Goi&aacute;s (2002). &Eacute; Professor e Coordenador do Programa de P&oacute;s-Gradua&ccedil;&atilde;o em Geografia da Universidade Federal do Tocantins (UFT) de Porto Nacional e exerceu o cargo de Assessor de Rela&ccedil;&otilde;es Institucionais da Reitoria dessa universidade de junho de 2012 a agosto de 2014.<br />
<br />
Atua no magist&eacute;rio desde 1992, sendo que a sua atua&ccedil;&atilde;o na Educa&ccedil;&atilde;o Superior vem desde 2000. Foi professor da Universidade do Tocantins (Unitins) entre abril de 2008 e julho de 2010, onde atuou na Educa&ccedil;&atilde;o &agrave; Dist&acirc;ncia e ocupou os cargos de diretor de Pesquisa Institucional e assessor de P&oacute;s-Gradua&ccedil;&atilde;o. Coordenou curso de P&oacute;s-Gradua&ccedil;&atilde;o Lato Sensu e realizou pesquisas e consultorias a partir da Pr&oacute; – Reitoria de Pesquisa.<br />
<br />
Em Goi&aacute;s, foi professor da Universidade Estadual de Goi&aacute;s entre 2000 e 2007. Tem experi&ecirc;ncia nas &aacute;reas de Geografia Urbana, com &ecirc;nfase em Pol&iacute;ticas Territoriais, atuando principalmente nos seguintes temas: planejamento urbano, municipal e regional e desigualdades s&oacute;cio-espaciais, bem como em Sociologia Urbana e Sociologia da Educa&ccedil;&atilde;o. &Eacute; pesquisador do Instituto Nacional de Ci&ecirc;ncia e Tecnologia (INCT) Observat&oacute;rio das Metr&oacute;poles – n&uacute;cleo Goi&acirc;nia, coordenador do OPTE – Observat&oacute;rio de Pol&iacute;ticas Educacionais e Territoriais e colaborador da Escola Centro-Oeste de Forma&ccedil;&atilde;o Sindical da CUT (ECO-CUT).</span>

Comentários pelo Facebook: