Seet
Sobral – 300×100

Secretário diz que vai priorizar formação continuada e valorização do professor através do mérito

admin -

<span style="font-size:14px;">O novo secret&aacute;rio da Educa&ccedil;&atilde;o e Cultura do Tocantins, Ad&atilde;o Francisco de Oliveira, assumiu oficialmente a pasta na manh&atilde; desta segunda-feira, 5. Em momento de confraterniza&ccedil;&atilde;o na Seduc, ele recebeu as boas-vindas e conheceu a estrutura f&iacute;sica e organizacional do &oacute;rg&atilde;o. Ao se apresentar aos servidores, o secret&aacute;rio destacou que o foco da gest&atilde;o ser&aacute; voltado para uma maior humaniza&ccedil;&atilde;o da educa&ccedil;&atilde;o b&aacute;sica tocantinense.&nbsp;<br />
<br />
Durante sua primeira fala aos servidores da pasta, professor Ad&atilde;o afirmou que muito mais do que promover educa&ccedil;&atilde;o em tempo integral, a meta da nova gest&atilde;o &eacute; fortalecer a educa&ccedil;&atilde;o integral. <em>&ldquo;A educa&ccedil;&atilde;o integral implica em implantarmos junto &agrave;s crian&ccedil;as, toda uma forma&ccedil;&atilde;o emocional e afetiva, l&uacute;dica e criativa. &Eacute; ir al&eacute;m do que j&aacute; &eacute; a experi&ecirc;ncia na escola, que &eacute; a laboral e cognitiva&rdquo;</em>, disse.<br />
<br />
Ainda segundo o secret&aacute;rio, a proposta para os pr&oacute;ximos anos &eacute; trabalhar nos alunos &quot;mais do que os muros da escola permitem&quot;. <em>&ldquo;Temos a necessidade de permitir a todos os educandos e educandas do nosso Estado que se tornem sujeitos de car&aacute;ter cr&iacute;tico e participativo. E dentro do dom&iacute;nio da cr&iacute;tica, exercer sua autonomia&rdquo;</em>, explicou.<br />
<br />
Para a implanta&ccedil;&atilde;o de pol&iacute;ticas p&uacute;blicas efetivas no &acirc;mbito da educa&ccedil;&atilde;o, o novo gestor destacou a import&acirc;ncia de exercer um trabalho integrado entre secretarias afins. De acordo com ele, a a&ccedil;&atilde;o conjunta &eacute; o caminho mais eficiente para atingir os objetivos na educa&ccedil;&atilde;o tocantinense. <em>&ldquo;As pol&iacute;ticas p&uacute;blicas precisam ser integradas. Precisamos da parceria com a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, precisamos trabalhar juntos com a Secretaria de Desenvolvimento Econ&ocirc;mico, Turismo e Trabalho&rdquo;</em>, afirmou Ad&atilde;o.<br />
<br />
<u><strong>Pontos de trabalho</strong></u><br />
<br />
O secret&aacute;rio Ad&atilde;o disse que pretende trabalhar em cinco pontos. Entre eles, a forma&ccedil;&atilde;o continuada do corpo docente; a implanta&ccedil;&atilde;o de escolas de refer&ecirc;ncia do campo; o atendimento &agrave;s demandas da categoria dos servidores da educa&ccedil;&atilde;o; a valoriza&ccedil;&atilde;o do trabalho dos servidores atrav&eacute;s do m&eacute;rito e o fortalecimento da diversidade cultural no curr&iacute;culo escolar. <em>&ldquo;O nosso Estado &eacute; proeminentemente negro. Somos, em grande parte, descendentes de quilombolas e, neste aspecto, precisamos fazer uma revis&atilde;o do curr&iacute;culo escolar&rdquo;</em>, frisou.</span>

Comentários pelo Facebook: