Sobral – 300×100
Seet

Governo anuncia pagamento do salário de dezembro para dia 12; folhas de janeiro e fevereiro também sofrem ajustes

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
A Comiss&atilde;o Emergencial para Discuss&atilde;o dos Problemas Or&ccedil;ament&aacute;rios e Financeiros anunciou na tarde desta quinta-feira, 8, que o pagamento da folha de dezembro dos servidores p&uacute;blicos estaduais ocorrer&aacute; no pr&oacute;ximo dia 12. Anteriormente, o Governo havia anunciado o pagamento parcelado em quatro vezes, mas recuou ap&oacute;s manifesta&ccedil;&otilde;es imediatas dos servidores e sindicatos.<br />
<br />
O secretario da Articula&ccedil;&atilde;o Pol&iacute;tica, Paulo Sidnei, anunciou que o Governo do Estado concentrou todos os esfor&ccedil;os para definir a data de pagamento. <em>&ldquo;No dia 12, &agrave; noite, vai ser creditado o pagamento integral de dezembro e a partir das 00h do dia 13 todos os funcion&aacute;rios j&aacute; podem sacar o seu dinheiro&rdquo;</em>, frisou.<br />
<br />
<u><strong>Pagamento de janeiro e fevereiro: dia 13</strong></u><br />
<br />
O secret&aacute;rio tamb&eacute;m apontou que, para que a medida fosse tomada, foi necess&aacute;rio que o Estado reorganizasse o pagamento dos pr&oacute;ximos meses. Segundo explicou, a folha de janeiro vai ser paga no dia 13 de fevereiro e a de mar&ccedil;o no dia 13 de abril, quando se espera a normaliza&ccedil;&atilde;o do caixa do Estado.<br />
<br />
<u><strong>Aumento no FPE</strong></u><br />
<br />
Segundo o Governo do Estado, o aumento de R$ 37 milh&otilde;es do Fundo de Participa&ccedil;&atilde;o dos Estados (FPE), destinado ao Tocantins neste m&ecirc;s, foi um dos aspectos que viabilizou o&nbsp; pagamento dos 54 mil funcion&aacute;rios do Estado, referente ao m&ecirc;s de dezembro.&nbsp; O atual governo recebeu da gest&atilde;o anterior uma folha a ser paga no valor de R$ 258 milh&otilde;es.<br />
<br />
Paulo Sidnei destacou ainda que o gasto da atual gest&atilde;o foi m&iacute;nimo at&eacute; o momento. <em>&ldquo;A &uacute;nica verba que saiu do cofre do Estado at&eacute; agora foi no valor de R$ 2,9 milh&otilde;es, para que a Litucera retomasse o fornecimento de alimentos para os hospitais tocantinenses</em>&rdquo;, disse.<br />
<br />
Segundo o Governo do Estado, a dificuldade do pagamento da folha de dezembro se deu pelo fato de o cofre do Estado ter sido encontrado com um saldo negativo de R$ 11 milh&otilde;es, al&eacute;m de existir uma s&eacute;rie de dividas que o atual governo precisa negociar para manter o funcionamento da m&aacute;quina.</span>

Comentários pelo Facebook: