Seet
Sobral – 300×100

Redução na conta de luz será de 18% para as residências e de até 32% para as indústrias

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">A presidenta Dilma Rousseff deve anunciar hoje (23) &agrave; noite, em pronunciamento em rede nacional, que a redu&ccedil;&atilde;o no pre&ccedil;o da energia para os consumidores brasileiros deve ser de at&eacute; 18% para as resid&ecirc;ncias e de at&eacute; 32% para as ind&uacute;strias. A informa&ccedil;&atilde;o &eacute; do diretor da Ag&ecirc;ncia Nacional de Energia El&eacute;trica (Aneel), Romeu Rufino, que chegou para reuni&atilde;o no Minist&eacute;rio de Minas e Energia.<br />
<br />
Em setembro do ano passado, tamb&eacute;m em pronunciamento &agrave; na&ccedil;&atilde;o, a presidenta havia anunciado uma redu&ccedil;&atilde;o de 16,2% para os consumidores residenciais e 28% para as ind&uacute;strias. As novas tarifas come&ccedil;am a valer no dia 5 de fevereiro.<br />
<br />
Segundo Rufino, o corte maior no pre&ccedil;o da energia ser&aacute; poss&iacute;vel por causa de um aumento do aporte de recursos do Tesouro Nacional. O Minist&eacute;rio da Fazenda j&aacute; tinha anunciado que o Tesouro Nacional gastar&aacute; de R$ 2 bilh&otilde;es a R$ 3 bilh&otilde;es adicionais para assegurar a redu&ccedil;&atilde;o nas tarifas de energia.<br />
<br />
Amanh&atilde; (24), a Aneel ir&aacute; fazer uma reuni&atilde;o extraordin&aacute;ria para revisar as tarifas de distribui&ccedil;&atilde;o, que ser&atilde;o aplicadas a partir do m&ecirc;s que vem.</span></div>

Comentários pelo Facebook: