Seet
Sobral – 300×100

Ministério da Saúde lança novo edital para o 'Mais Médicos'; profissionais brasileiros têm prioridade

admin -

<span style="font-size:14px;">Nesta quinta-feira, 15, o Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de anunciou uma nova vers&atilde;o do Programa Mais M&eacute;dicos, que agora vai incorporar o Programa de Valoriza&ccedil;&atilde;o do Profissional da Aten&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica (Provab). O edital relaciona tamb&eacute;m os munic&iacute;pios que poder&atilde;o reivindicar a inclus&atilde;o no programa para receber os m&eacute;dicos.<br />
<br />
O documento ser&aacute; publicado nesta sexta-feira (16), no Di&aacute;rio Oficial da Uni&atilde;o. Ap&oacute;s a publica&ccedil;&atilde;o os gestores dos munic&iacute;pios e os m&eacute;dicos poder&atilde;o efetuar a inscri&ccedil;&atilde;o no sistema at&eacute; os dias 28 e 29 de janeiro, respectivamente.<br />
<br />
Os m&eacute;dicos brasileiros continuam tendo prioridade na sele&ccedil;&atilde;o. S&oacute; que agora, ao inv&eacute;s de uma, eles ter&atilde;o tr&ecirc;s oportunidades para escolher o munic&iacute;pio em que ir&atilde;o atuar. Na inscri&ccedil;&atilde;o, cada profissional definir&aacute; at&eacute; quatro cidades de diferentes perfis, conforme a sua prioridade. Os candidatos concorrem somente com aqueles que optarem pelos mesmos munic&iacute;pios e, quem n&atilde;o conseguir aloca&ccedil;&atilde;o, ter&aacute; acesso &agrave;s vagas remanescentes.<br />
<br />
Os m&eacute;dicos brasileiros depois ser&atilde;o chamados inscri&ccedil;&otilde;es individuais de m&eacute;dicos formados fora do pa&iacute;s, e por &uacute;ltimo os m&eacute;dicos cubanos, da coopera&ccedil;&atilde;o com a Organiza&ccedil;&atilde;o Mundial da Sa&uacute;de.<br />
<br />
Nesta vers&atilde;o, programa vai priorizar munic&iacute;pios brasileiros com 20% da popula&ccedil;&atilde;o em extrema pobreza, al&eacute;m de cidades com &iacute;ndice de desenvolvimento humano baixo.<br />
<br />
O&nbsp; profissional vai poder escolher se fica tr&ecirc;s anos no local determinado pelo governo, como acontece no Mais M&eacute;dicos, ou se fica um ano e ganha 10% de b&ocirc;nus na nota de uma eventual prova de resid&ecirc;ncia, caracter&iacute;sticas do Provab.<br />
<br />
A bolsa &eacute; no mesmo valor (R$ 10 mil) e ao final dos dois programas os m&eacute;dicos s&atilde;o considerados especialistas em sa&uacute;de da fam&iacute;lia. Os selecionados devem come&ccedil;ar a trabalhar no dia 3 de mar&ccedil;o.<br />
<br />
<u><strong>MAIS M&Eacute;DICOS</strong></u><br />
<br />
Foi Lan&ccedil;ado em julho de 2013 pela presidenta Dilma Rousseff, o Programa Mais M&eacute;dicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usu&aacute;rios do SUS, com o objetivo de aperfei&ccedil;oar a forma&ccedil;&atilde;o de m&eacute;dicos na Aten&ccedil;&atilde;o B&aacute;sica, ampliar o n&uacute;mero de m&eacute;dicos nas regi&otilde;es carentes do pa&iacute;s e acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de sa&uacute;de.<br />
<br />
S&oacute; no Tocantins s&atilde;o 134 profissionais do programa Mais M&eacute;dicos que atuam nas unidades de sa&uacute;de. Destes 115 m&eacute;dicos s&atilde;o cubanos que est&atilde;o distribu&iacute;dos 108&nbsp; nos munic&iacute;pios e 07&nbsp; nos Distritos Sanit&aacute;rios Especiais&nbsp; Ind&iacute;genas &ndash;DSEI.</span>

Comentários pelo Facebook: