Sobral – 300×100
Seet

Africanos que estão no Brasil desde a Copa são flagrados com mais de 2.400 produtos sem nota fiscal

admin -

<span style="font-size:14px;">Por volta das 3 horas da madrugada desta ter&ccedil;a-feira, 20, agentes da Pol&iacute;cia Rodovi&aacute;ria Federal de Aragua&iacute;na (TO) flagraram dois africanos de nacionalidade senegalesa com 2.454 produtos diversos (bijuterias, &oacute;culos, rel&oacute;gios, piercing&#39;s, baterias para rel&oacute;gio, maletas, sacolas) sem documenta&ccedil;&atilde;o fiscal.<br />
<br />
Eles estavam em um &ocirc;nibus de linha regular que fazia o trajeto Palmas/TO a Fortaleza/CE.<br />
<br />
Durante entrevista, os dois senegaleses declararam que vieram ao Brasil assistir a copa do mundo em 2014 quando permaneceram na condi&ccedil;&atilde;o de turista. Ambos entraram com pedido de ref&uacute;gio no Brasil, junto ao Minist&eacute;rio da Justi&ccedil;a. Informaram ainda&nbsp; que trabalhavam regularmente em um frigor&iacute;fico no Rio de Janeiro, de onde sa&iacute;ram para comercializar produtos adquiridos na Rua 25 de mar&ccedil;o, na capital paulista.<br />
<br />
Apesar de se tratar de crime de ordem tribut&aacute;ria, os Policiais Rodovi&aacute;rios Federais de plant&atilde;o encaminharam a ocorr&ecirc;ncia inicialmente &agrave; Pol&iacute;cia Federal para verificar a situa&ccedil;&atilde;o dos dois africanos no pa&iacute;s e constatou que ambos est&atilde;o regulares, em an&aacute;lise no &acirc;mbito do Minist&eacute;rio da Justi&ccedil;a. Por&eacute;m, como acabaram de cometer um crime, os dois poder&atilde;o at&eacute; ser deportados.<br />
<br />
Em seguida, os dois senegaleses foram apresentados &agrave; Pol&iacute;cia Civil de Aragua&iacute;na/TO. Foram autuados por crime contra a ordem tribut&aacute;ria.<br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/dois%20senegaleses%20com%20semijoias%20relogios%20-%2020-01-15%20(2).jpg" style="width: 600px; height: 449px;" /></span><br />

Comentários pelo Facebook: