Sobral – 300×100
Seet

Vigilante agride esposa com socos e chutes, tenta tomar arma de policial, mas acaba baleado

admin -

<span style="font-size:14px;">Na noite desta quarta-feira (21), o vigilante Carlos Martins de Sousa, de 53 anos levou um tiro na perna direita, ap&oacute;s tentar tomar a arma de um policial militar dentro da Delegacia de Pol&iacute;cia em Cachoeirinha. A PM havia recebido uma den&uacute;ncia de que ele teria agredido sua esposa, Rute Leal Almeida de Sousa, de 42 anos, com socos e chutes, vindo a ferir seu rosto. Diante disto, os militares anunciaram que Carlos estava preso, mas se valendo de seu porte f&iacute;sico avantajado, ele disse que apenas dois policiais n&atilde;o seriam capazes de prend&ecirc;-lo.<br />
<br />
Ante &agrave; resist&ecirc;ncia a guarni&ccedil;&atilde;o tentou imobiliz&aacute;-lo, mas ele resistiu e passou a lutar com um dos policiais. Durante a luta, o vigilante tentou arrancar a pistola que estava na cintura de um dos militares, obrigando o outro policial a efetuar o disparo para cessar a resist&ecirc;ncia e preservar a integridade f&iacute;sica de seu colega, sendo que o indiv&iacute;duo caiu ao ch&atilde;o e finalmente foi imobilizado. De imediato, uma ambul&acirc;ncia da cidade efetuou o socorro e o encaminhou ao hospital de Araguatins para atendimento m&eacute;dico.<br />
<br />
Feito isto, Carlos foi apresentado na Delegacia de Pol&iacute;cia Civil de Tocantin&oacute;polis, onde foi autuado em flagrante delito pelo crime de les&atilde;o corporal cometido contra sua esposa, em conformidade com o que preceitua a lei Maria da Penha. Agora ele se encontra recolhido em uma das celas da Cadeia P&uacute;blica &agrave; disposi&ccedil;&atilde;o do Poder Judici&aacute;rio. (Patrulha na Net)</span>

Comentários pelo Facebook: