Sobral – 300×100
Seet

Marlon Amorim destaca atuação da Defensoria do Tocantins e diz que meta será "crescimento planejado"

admin -

<span style="font-size:14px;"><em>&ldquo;Hoje posso me orgulhar de fazer parte de&nbsp; uma das melhores e mais bem estruturadas defensorias p&uacute;blicas deste Pa&iacute;s &ndash; sen&atilde;o a melhor, sendo a &uacute;nica a se fazer presente em todas as comarcas do Estado. Mas &eacute; certo, muito ainda h&aacute; por se fazer.&rdquo;</em> Neste sentimento de orgulho, emo&ccedil;&atilde;o e compromisso para encarar os novos desafios, Marlon Costa Luz Amorim foi reconduzido ao cargo de Defensor P&uacute;blico Geral do Tocantins, em sess&atilde;o solene realizada na noite de sexta-feira, 23.<br />
<br />
A solenidade, que aconteceu no audit&oacute;rio da sede da DPE-TO- Defensoria P&uacute;blica do Estado do Tocantins, foi aberta com uma homenagem p&oacute;stuma &agrave; defensora p&uacute;blica aposentada Sueli Moleiro, que faleceu no in&iacute;cio da semana passada, v&iacute;tima de insufici&ecirc;ncia respirat&oacute;ria. Em seguida, houve apresenta&ccedil;&atilde;o do v&iacute;deo institucional da DPE-TO, apresenta&ccedil;&atilde;o do Coral Canto Nobre e juramento pelo Defensor P&uacute;blico Geral, com a leitura e assinatura do Termo de Posse pelos rec&eacute;m empossados, o defensor p&uacute;blico geral, Marlon Amorim, e o subdefensor p&uacute;blico geral, Alexandre Augustus Lopes Elias El Zayek.<br />
<br />
Uma das principais metas apontadas por Marlon Amorim para o pr&oacute;ximo bi&ecirc;nio foi o crescimento planejado, por meio da execu&ccedil;&atilde;o dos eixos de gest&atilde;o do plano estrat&eacute;gico – Valoriza&ccedil;&atilde;o da carreira de Defensor P&uacute;blico, Aprimoramento do atendimento ao Assistido, Consolida&ccedil;&atilde;o da Pol&iacute;tica de Gest&atilde;o de Pessoas, Gest&atilde;o da Tecnologia da Informa&ccedil;&atilde;o, Aperfei&ccedil;oamento e Moderniza&ccedil;&atilde;o, Gest&atilde;o Financeira e Comunica&ccedil;&atilde;o Institucional. <em>&ldquo;Todos alinhados ao cumprimento da nossa miss&atilde;o institucional, que &eacute; prestar atendimento humanizado e de qualidade ao nosso Assistido&rdquo;</em>, descreveu.<br />
<br />
Para o Defensor P&uacute;blico Geral o trabalho foi intenso durante o primeiro bi&ecirc;nio, agora com o cont&iacute;nuo empenho e esfor&ccedil;o de todos, o momento &eacute; de lutar por novos e ousados desafios, n&atilde;o se admitindo qualquer retrocesso na defesa intransigente dos direitos da popula&ccedil;&atilde;o pobre do Estado. <em>&ldquo;Uma nova fase se inaugura na Defensoria, com um audacioso projeto de gest&atilde;o institucional. O desafio &eacute; otimizar a aloca&ccedil;&atilde;o de recursos e ampliar a cobertura de atendimento para a popula&ccedil;&atilde;o carente, alcan&ccedil;ando a excel&ecirc;ncia dos servi&ccedil;os prestados</em>&rdquo;, defendeu.<br />
<br />
<strong><u>Governo</u></strong><br />
<br />
Representando o governador Marcelo Miranda, o secret&aacute;rio-chefe da Casa Civil, T&eacute;lio Le&atilde;o Ayres, discursou parabenizando o Defensor P&uacute;blico Geral pela reelei&ccedil;&atilde;o e posse. &ldquo;<em>&Eacute; importante que o Governo tenha um canal aberto com a Defensoria. Estamos de portas abertas para esta parceria e, podem ter certeza de que, no Governo do Estado, existe um Defensor P&uacute;blico que muito ama esta institui&ccedil;&atilde;o. Por isso, desejo muito sucesso e que continue a luta pelo interesse dos mais necessitados</em>&rdquo;, expressou o secret&aacute;rio, ao lembrar da hist&oacute;rica implanta&ccedil;&atilde;o da DPE-TO, no qual fez parte como Defensor P&uacute;blico Geral entre 2005 a 2007.<br />
<br />
T&eacute;lio Le&atilde;o Ayres ainda comentou os problemas que tem enfrentado na &aacute;rea administrativa do Governo, devido &agrave; crise financeira do Estado, mas ressaltou que a Defensoria P&uacute;blica, assim como as demais institui&ccedil;&otilde;es do Judici&aacute;rio, &eacute; de grande import&acirc;ncia para a reconstru&ccedil;&atilde;o do Estado.<em> &ldquo;H&aacute; 23 dias na gest&atilde;o, estamos enfrentando muitas dificuldades, mas tenho certeza que vamos experimentar muitos avan&ccedil;os, pois estamos lutando para a reestrutura&ccedil;&atilde;o</em>&rdquo;, concluiu.<br />
<br />
<strong><u>Atua&ccedil;&atilde;o</u></strong><br />
<br />
O vice-presidente da seccional do Tocantins da Ordem dos Advogados do Brasil, Rubens D&aacute;rio, parabenizou a DPE-T0 pela excel&ecirc;ncia na presta&ccedil;&atilde;o de servi&ccedil;os ao Assistido. <em>&ldquo;Quando assistimos ao v&iacute;deo institucional, tivemos mais uma vez a certeza do papel da Defensoria P&uacute;blica no Tocantins. Queremos trabalhar para que a Justi&ccedil;a chegue ao alcance de todos e temos orgulho da atua&ccedil;&atilde;o da DPE no Tocantins. O trabalho que Marlon Amorim, defensores p&uacute;blicos e os servidores desta casa t&ecirc;m feito &eacute; louv&aacute;vel. S&oacute; nos d&aacute; a certeza de que a pr&oacute;xima gest&atilde;o ser&aacute; t&atilde;o boa quanto esta que j&aacute; se encerrou&rdquo;,</em> elogiou o vice-presidente.<br />
<br />
Presidente em exerc&iacute;cio da ADPETO &ndash; Associa&ccedil;&atilde;o dos Defensores P&uacute;blicos do Estado do Tocantins, o defensor p&uacute;blico Neuton Jardim lembrou da grande transforma&ccedil;&atilde;o ocorrida na Institui&ccedil;&atilde;o ao longo dos seus oito anos de carreira. Para ele, muito j&aacute; foi feito, pois as minorias passaram a ser protegidas, mas &eacute; poss&iacute;vel ainda se fazer muito mais. <em>&ldquo;No Tocantins, a Defensoria P&uacute;blica &eacute; uma das institui&ccedil;&otilde;es mais bem adequadas para atender ao cidad&atilde;o. Os poderes, as institui&ccedil;&otilde;es, n&atilde;o precisam apenas de um administrador, mas de humanistas. Conclamamos em favor da dignidade humana em primeiro lugar&rdquo;</em>, disse o Defensor, acrescentando sobre a torcida dos defensores de forma geral para uma boa administra&ccedil;&atilde;o no pr&oacute;ximo bi&ecirc;nio. <em>&ldquo;Venho aqui entregar os meus votos, o da ADPETO e dos Defensores P&uacute;blicos do Estado. Tor&ccedil;o para que a luta por uma Defensoria P&uacute;blica melhor, mais pr&oacute;ximo do Assistido, seja sempre a meta aplicada pela Institui&ccedil;&atilde;o.&rdquo;</em><br />
<br />
<strong><u>Balan&ccedil;o</u></strong><br />
<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/DSC_3689%20SITE.jpg" style="width: 340px; height: 226px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" />Respons&aacute;vel pela gest&atilde;o da DPE-TO no bi&ecirc;nio 2015/2016, Marlon discursou sobre os desafios da administra&ccedil;&atilde;o e fez uma retrospectiva do primeiro bi&ecirc;nio, que garantiu &agrave; Defensoria P&uacute;blica no Tocantins o t&iacute;tulo de uma das mais bem estruturadas no Pa&iacute;s. Neste contexto, Marlon destacou que em dois anos foi ampliado em mais de 20% o n&uacute;mero de Defensores P&uacute;blicos. Al&eacute;m disso, o realinhamento vencimental dos servidores do Quadro Auxiliar, a Pol&iacute;tica de Gest&atilde;o de Pessoas, moderniza&ccedil;&atilde;o das regionais, novas unidades, atendimento humanizado, capacita&ccedil;&otilde;es, Escrit&oacute;rio de Gest&atilde;o de Projetos, N&uacute;cleos Itinerantes, m&iacute;dia espont&acirc;nea e muito mais foram destacados. <em>&ldquo;Fruto de um trabalho cuidadosamente orquestrado e direcionado em favor do nosso Assistido e na esteira da nossa miss&atilde;o institucional de ampliar o acesso &agrave; Justi&ccedil;a, promovendo cidadania e inclus&atilde;o social&rdquo;</em>, complementou.<br />
<br />
A noite foi encerrada com um discurso de gratid&atilde;o aos membros e servidores da Defensoria P&uacute;blica do Tocantins, por Marlon Amorim. <em>&ldquo;E que, a cada novo dia de trabalho, nesse mundo de contr&aacute;rios e avessos, possamos renovar com altivez nosso compromisso vocacional com o ide&aacute;rio de Justi&ccedil;a que orbita em torno da Defensoria P&uacute;blica. Neste esp&iacute;rito, reassumo esta t&atilde;o nobre miss&atilde;o&rdquo;,</em> concluiu o Defensor P&uacute;blico Geral, antecedendo apresenta&ccedil;&atilde;o do Coral Canto Nobre, que fechou a noite ao som da can&ccedil;&atilde;o &ldquo;Dias Melhores&rdquo;, de Jota Quest.<br />
<br />
<u><strong>Perfil</strong></u><br />
<br />
Natural de Z&eacute; Doca MA, Marlon Costa Luz Amorim &eacute; graduado em Direito pela Universidade Federal do Maranh&atilde;o, p&oacute;s-graduado em Direito Tribut&aacute;rio pela Unitins. Em 2007 foi aprovado no Concurso para Defensor P&uacute;blico no Tocantins e nomeado. J&aacute; atuou nas Comarcas de Formoso do Araguaia, Para&iacute;so do Tocantins e Palmas. Foi diretor da ADPETO nos bi&ecirc;nios 2010/2011 e 2012/2013. Foi eleito e reeleito Conselheiro do Conselho Superior da Defensoria P&uacute;blica para os bi&ecirc;nios 2010/2011 e 2012/2013. Tamb&eacute;m foi diretor do N&uacute;cleo Regional da Defensoria P&uacute;blica em Palmas e Defensor P&uacute;blico Geral no bi&ecirc;nio 2013/2015.</span>

Comentários pelo Facebook: