Seet
Sobral – 300×100

PM investiga conduta de policial que efetuou disparo durante discussão com filho

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
O Comando do 2&ordm; Batalh&atilde;o de Pol&iacute;cia Militar de Aragua&iacute;na (TO), atrav&eacute;s da Assessoria de Comunica&ccedil;&atilde;o, informou que est&aacute; investigando a conduta do policial que efetuou disparo com arma de fogo durante uma discuss&atilde;o com seu filho. O fato aconteceu na noite desta quinta-feira (29). O militar n&atilde;o teve o nome divulgado.<br />
<br />
Segundo a Assessoria, a PM foi acionada para atender uma ocorr&ecirc;ncia de diverg&ecirc;ncia familiar e, chegando ao local,constatou que um dos envolvidos era militar. Durante o desentendimento, pai e filho entraram em vias de fato e o policial efetuou um disparo que atingiu de rasp&atilde;o seu filho.<br />
<br />
Conforme a PM, o rapaz foi atendido pelo Corpo de Bombeiros e n&atilde;o corre risco de morte. A Pol&iacute;cia informou ainda que o militar n&atilde;o foi localizado ap&oacute;s o incidente.<br />
<br />
<em>&ldquo;Por se tratar de um poss&iacute;vel delito de compet&ecirc;ncia da justi&ccedil;a comum, caber&aacute; a Policia Civil a investiga&ccedil;&atilde;o, contudo devido &agrave; relev&acirc;ncia dos fatos, a conduta do Policial Militar j&aacute; est&aacute; sendo apurada pelo 2&ordm; BPM</em>&rdquo;, afirmou a nota da Assessoria de Comunica&ccedil;&atilde;o da PM.<br />
<br />
A Pol&iacute;cia Militar afirmou que toda a apura&ccedil;&atilde;o ser&aacute; feita com &quot;celeridade, rigor e transpar&ecirc;ncia&quot;, atendendo ao ordenamento jur&iacute;dico e Regulamentos Internos da Pol&iacute;cia Militar do Tocantins. <em>&ldquo;Caso seja verificado qualquer irregularidade as san&ccedil;&otilde;es disciplinares ser&atilde;o impostas&rdquo;</em>, garantiu a Pol&iacute;cia Militar.<br />
<br />
O Comando do 2&ordm; BPM refor&ccedil;ou que preza pela &quot;clareza de suas a&ccedil;&otilde;es e legalidade&quot; dos atos de seus policiais.</span>

Comentários pelo Facebook: