Seet
Sobral – 300×100

Governo investirá R$ 8 milhões na construção de Centro Socioeducativo

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Um terreno de aproximadamente 16.000 m&sup2; foi doado ao Estado pelo munic&iacute;pio de Aragua&iacute;na para a constru&ccedil;&atilde;o do Case – Centro de Atendimento Socioeducativo. A capacidade da nova unidade ser&aacute; para o atendimento de at&eacute; 42 adolescentes, principalmente da regi&atilde;o Norte do Estado. Segundo a Sejudh &ndash; Secretaria de Justi&ccedil;a e Direitos Humanos, atualmente s&atilde;o 07 unidades socioeducativas no Estado, que disp&otilde;e de 181 vagas distribu&iacute;das nas regionais de Palmas, Aragua&iacute;na e Gurupi e atende 103 adolescentes.<br />
<br />
Conforme a Secretaria de Comunica&ccedil;&atilde;o, a nova unidade de Aragua&iacute;na ser&aacute; importante sobretudo para a log&iacute;stica de atendimento na regi&atilde;o Norte, j&aacute; que grande parte das audi&ecirc;ncias judiciais s&atilde;o realizadas na cidade. &ldquo;Al&eacute;m disso, o complexo ir&aacute; contar com espa&ccedil;o para interna&ccedil;&atilde;o provis&oacute;ria e definitiva. Ir&aacute; facilitar tamb&eacute;m o acesso &agrave;s fam&iacute;lias que visitam os internos e favorecer o desenvolvimento de atividades externas&rdquo;, afirma a superintendente de Prote&ccedil;&atilde;o dos Direitos Humanos e Sociais da Sejudh, Vanessa Trigilio.<br />
<br />
Ainda segundo a Secom, a obra ser&aacute; realizada com recursos do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econ&ocirc;mico e Social no valor de R$ 8 milh&otilde;es. O projeto, que j&aacute; se encontra em andamento na Secretaria de Infraestrutura, ser&aacute; apresentado &agrave; Institui&ccedil;&atilde;o ap&oacute;s a escritura&ccedil;&atilde;o do im&oacute;vel em nome do Estado do Tocantins. A licita&ccedil;&atilde;o da obra ser&aacute; autorizada ap&oacute;s an&aacute;lise e libera&ccedil;&atilde;o do projeto.<br />
<br />
O Case atende adolescentes em conflito com a lei e oferece atividades de educa&ccedil;&atilde;o, profissionaliza&ccedil;&atilde;o, lazer, esporte, al&eacute;m de atendimento psicossocial e religioso. &ldquo;N&oacute;s temos a parceria com o Sistema &ldquo;S&rdquo; e podemos oferecer uma grande quantidade de cursos. A finalidade &eacute; que esses jovens tenham condi&ccedil;&otilde;es de sair da unidade com uma profiss&atilde;o e sejam reinseridos na sociedade&rdquo;, completa Vanessa.</span></div>

Comentários pelo Facebook: