Seet
Sobral – 300×100

Governo do Estado desenvolve ações de combate à hanseníase

admin -

<div style="text-align: justify;">
<span style="font-size:14px;">Neste domingo, 27 de janeiro, foi comemorado o Dia Nacional e Mundial de Combate a Hanseniase. No Tocantins, a Sesau &ndash; Secretaria de Sa&uacute;de vem trabalhando na redu&ccedil;&atilde;o do n&uacute;mero de casos da doen&ccedil;a. Em 2012, foram diagnosticados 980 casos novos no Estado, e em 2011 foram 994 casos.<br />
<br />
&Eacute; o segundo estado do Pa&iacute;s com maior registro da doen&ccedil;a, ficando atr&aacute;s apenas do Mato Grosso. &ldquo;Na verdade n&oacute;s temos um bom n&uacute;mero de notifica&ccedil;&otilde;es aqui no Estado. Os profissionais de sa&uacute;de est&atilde;o buscando e detectando os pacientes e isso &eacute; muito bom. A tend&ecirc;ncia &eacute; diminuir a incid&ecirc;ncia da doen&ccedil;a, inclusive a n&iacute;vel nacional&rdquo;, explica Adriana Regina Farias, gerente de N&uacute;cleo da Hansen&iacute;ase da Sesau.<br />
<br />
A Sesau realiza a&ccedil;&otilde;es conjuntas com os munic&iacute;pios para que haja um diagn&oacute;stico e tratamento precoce da doen&ccedil;a. Nesse sentido, os profissionais de sa&uacute;de do Estado procuram mobilizar as popula&ccedil;&otilde;es locais com informa&ccedil;&otilde;es sobre os sintomas e tratamento da doen&ccedil;a. Tamb&eacute;m foi feita uma parceria com o Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de, Aben &ndash; Associa&ccedil;&atilde;o Brasileira de Enfermagem e o Morhan &ndash; Movimento de Reintegra&ccedil;&atilde;o das Pessoas Atingidas pela Hansen&iacute;ase. A meta &eacute; capacitar os profissionais por meio de oficinas para elabora&ccedil;&atilde;o de protocolo de enfermagem em hansen&iacute;ase.<br />
<br />
No entanto, o preconceito ainda &eacute; a principal dificuldade enfrentada pelos pacientes. &ldquo;Infelizmente o preconceito ainda vigora, apesar de ser uma doen&ccedil;a que h&aacute; muitos anos tem tratamento e cura. Devido a informa&ccedil;&otilde;es erradas, as pessoas tem medo. Ent&atilde;o algu&eacute;m que pode estar doente n&atilde;o vai ao posto de sa&uacute;de e n&atilde;o quer que ningu&eacute;m saiba&rdquo;, ressalta Adriana.<br />
<br />
A hansen&iacute;ase &eacute; um doen&ccedil;a causada pelo bacilo de Hansen, um parasita que ataca a pele e nervos perif&eacute;ricos, mas pode afetar outros &oacute;rg&atilde;os como o f&iacute;gado, test&iacute;culos e olhos. Sua primeira manifesta&ccedil;&atilde;o consiste no aparecimento de manchas dormentes, de cor avermelhada ou esbranqui&ccedil;ada, em qualquer regi&atilde;o do corpo. O tratamento e distribui&ccedil;&atilde;o de antibi&oacute;ticos espec&iacute;ficos s&atilde;o gratuitos e oferecidos pelo SUS. (Secom)</span></div>

Comentários pelo Facebook: