Sobral – 300×100
Seet

Mutirão irá recolher lixo flutuante do Lago Azul

admin -

<span style="font-size:14px;">Prefeitura, entidades, &oacute;rg&atilde;os p&uacute;blicos e organiza&ccedil;&otilde;es n&atilde;o governamentais uniram for&ccedil;as com a Associa&ccedil;&atilde;o Comercial e Industrial de Aragua&iacute;na (Aciara) para o projeto Lago Mais Azul, que iniciar&aacute; suas atividades no pr&oacute;ximo s&aacute;bado, dia 7 de mar&ccedil;o, a partir das 8 horas, para o Dia D de limpeza de um dos cart&otilde;es postais de Aragua&iacute;na. As equipes respons&aacute;veis pela coleta do lixo flutuante partir&atilde;o de uma base montada nos fundos da Associa&ccedil;&atilde;o Atl&eacute;tica Banco do Brasil &ndash; AABB.<br />
<br />
O presidente da ACIARA, Manoel de Assis Silva, lembra que, neste primeiro momento, os trabalhos ser&atilde;o feitos por pessoas preparadas.<em> &ldquo;&Eacute; um servi&ccedil;o pesado e que envolve certos riscos. Por isso montamos um grupo que tem conhecimento sobre o local e a melhor forma de executar a limpeza&rdquo;</em>.<br />
<br />
Para a a&ccedil;&atilde;o de s&aacute;bado, as equipes contar&atilde;o com seis caiaques e 12 barcos para a recolha do lixo, dois caminh&otilde;es para o transporte dos res&iacute;duos at&eacute; o aterro sanit&aacute;rio da cidade, al&eacute;m de equipamentos como luvas, botas e sacos de lixo.<br />
<br />
<u><strong>A&ccedil;&otilde;es permanentes</strong></u><br />
<br />
Conforme a Aciara, o mutir&atilde;o de limpeza ser&aacute; apenas o pontap&eacute; de uma s&eacute;rie de atividades permanentes organizadas por uma comiss&atilde;o do projeto Lago Mais Azul. <em>&ldquo;Vamos precisar da participa&ccedil;&atilde;o intensa da comunidade, principalmente na preserva&ccedil;&atilde;o dos c&oacute;rregos afluentes, que desembocam no c&oacute;rrego Neblina ou diretamente no lago&rdquo;</em>, ressalta a diretora de Assuntos Ambientais, Juliane Carneiro.<br />
<br />
De acordo com os membros do projeto, as a&ccedil;&otilde;es futuras incluir&atilde;o a conscientiza&ccedil;&atilde;o ambiental nas escolas, maior fiscaliza&ccedil;&atilde;o sobre o despejo irregular de esgoto nos afluentes, entre outras atividades.<br />
<br />
<u><strong>Organiza&ccedil;&atilde;o</strong></u><br />
<br />
Ap&oacute;s a reuni&atilde;o com os parceiros, ocorrida no dia 26 de fevereiro, a comiss&atilde;o, junto do Corpo de Bombeiros, fez vistorias no Lago Azul para definir quais os pontos naveg&aacute;veis e aptos para receber os barcos.<br />
<br />
Participam do projeto Lago Mais Azul representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual, Companhia Independente da Pol&iacute;cia Rodovi&aacute;ria e Ambiental, Corpo de Bombeiros, Alvorada Energia S.A (Enel), Lions Clube, Rotary Clube, &Aacute;rea de Preserva&ccedil;&atilde;o Permanente das Nascentes, CEM Paulo Freire, Grande Loja Ma&ccedil;&ocirc;nica do Tocantins, Naturatins, Diretoria Regional de Ensino, Ordem dos Advogados do Brasil, Defesa Civil, Odebrecht Ambiental, ONGs Naturativa e Guardi&otilde;es da Natureza e Universidade Federal do Tocantins.</span>

Comentários pelo Facebook: