Seet
Sobral – 300×100

Deputada Valderez relembra luta por direitos igualitários e destaca mulheres tocantinenses

admin -

<span style="font-size:14px;">Durante a sess&atilde;o em homenagem ao Dia da Mulher, na manh&atilde; desta ter&ccedil;a-feira (10), na Assembleia Legislativa (AL)&nbsp; a deputada estadual Valderez Castelo Branco (PP) relembrou as lutas das mulheres para conseguir direitos igualit&aacute;rios. <em>&ldquo;Externo minha gratid&atilde;o e meu reconhecimento &agrave;quelas oper&aacute;rias, que se tornaram m&aacute;rtires em defesa de n&oacute;s lutando apenas por melhorias salariais e qualidade de vida&rdquo;,</em> disse.<br />
<br />
Em seu discurso, a parlamentar tamb&eacute;m falou sobre a import&acirc;ncia da Lei 8.305/14 (feminic&iacute;dio) sancionada pela presidente Dilma Rousseff nesta segunda-feira, 09, em Bras&iacute;lia.&nbsp; <em>&ldquo;Com essa nova Lei temos plena certeza de que vamos reduzir ainda mais os &iacute;ndices de criminalidade contra as mulheres. Como deputada legislarei nesta Casa, junto com os pares e com as minhas colegas deputada Luana e deputada Am&aacute;lia para que no Tocantins a redu&ccedil;&atilde;o seja ainda maior&rdquo;</em>, afirmou.<br />
<br />
Al&eacute;m da conquista de direitos, Valderez elencou algumas das vit&oacute;rias que j&aacute; foram alcan&ccedil;adas pelas mulheres do Estado. <em>&ldquo;Em 2014 alcan&ccedil;amos o nosso respeito nas elei&ccedil;&otilde;es. De acordo com dados divulgados pelo TRE do Tocantins, somos praticamente metade do eleitorado tocantinense</em>&rdquo;, exemplificou.<br />
<br />
A deputada destacou a participa&ccedil;&atilde;o das mulheres tocantinenses em todos os poderes Estaduais e citou em seu discurso na Tribuna as oito mulheres deputadas do Estado, as cinco representantes femininas em cargos do primeiro escal&atilde;o do Executivo e as quatro desembargadoras do Tribunal de Justi&ccedil;a (TJ), al&eacute;m da ministra tocantinense. Valderez tamb&eacute;m ressaltou a import&acirc;ncia das 57 defensoras p&uacute;blicas ativas no Estado e, em nome de todas as outras mulheres tocantinenses, falou do trabalho desenvolvido pela Dra. Maria L&uacute;cia Carneiro Barbosa de Brito, sua homenageada na solenidade.<br />
<br />
<em>&ldquo;Honra-me pela sua humildade e sua garra. Vi&uacute;va do Dr. Francisco Barbosa de Brito e, que hoje, cumpre o papel de continuar prosperando, vencendo, lutando e n&atilde;o esquecendo o papel de m&atilde;e, av&oacute; e sogra. Continuando como aquela grande Maria L&uacute;cia que chegou rec&eacute;m-casada em Aragua&iacute;na e continua lutando com garra, como se fosse o primeiro dia&rdquo;</em>, completou.<br />
<br />
<u><strong>Homenagens</strong></u><br />
<br />
Al&eacute;m da Dra. Maria L&uacute;cia tamb&eacute;m foram homenageadas as senhoras Isidora Pereira Ribeiro e Veneranda Rosa de Oliveira Elias e a ex-vereadora de Aragua&iacute;na Terezinha Gomes da Silva.<br />
<br />
<u><strong>Confira o discurso na &iacute;ntegra:</strong></u><br />
<br />
<em>&quot;Senhor presidente, mesa diretora…<br />
<br />
Nobres pares, minhas colegas deputada Am&aacute;lia e deputada Luana, funcion&aacute;rias desta casa, as homenageadas, convidados, p&uacute;blico aqui presente, telespectadores da TV Assembleia e imprensa de modo geral…<br />
<br />
Todas as Mulheres, m&atilde;e, filha, av&oacute;, neta, esposa, irm&atilde;, tia, madrinha, amiga e simplesmente mulher… S&atilde;o as mulheres que impulsionam o mundo… Que com o sentimento materno entendem o significado da vida, da dor, da ang&uacute;stia, do sofrimento, das l&aacute;grimas derramadas, das l&aacute;grimas contidas e compreendem a alegria, a felicidade e o maior dos sentimentos: O AMOR.<br />
<br />
Por tudo isso externo minha gratid&atilde;o e meu reconhecimento &agrave;quelas oper&aacute;rias, que se tornaram m&aacute;rtires em defesa de n&oacute;s mulheres lutando apenas por melhorias salariais e qualidade de vida, garantindo direitos igualit&aacute;rios. Com suas lutas fizeram com que o dia 8 de mar&ccedil;o fosse dedicado &agrave; mulher… Mudando muitas coisas e fazendo muitas outras acontecerem.<br />
<br />
Congratulo-me com todas as mulheres principalmente pela grande conquista oficializada ontem: a san&ccedil;&atilde;o da Lei que inclui o feminic&iacute;dio como crime hediondo. &Eacute; bom lembrar que a Lei Maria da Penha trouxe impactos positivos, reduziu crimes e contribuiu para a conscientiza&ccedil;&atilde;o da sociedade brasileira de que a toler&acirc;ncia e a diversidade s&atilde;o as bases de uma sociedade democr&aacute;tica.<br />
<br />
De acordo com o IPEA a Lei Maria da Penha fez diminuir aproximadamente 10% a taxa de homic&iacute;dios dom&eacute;sticos desde 2006, quando entrou em vigor.<br />
<br />
Com essa nova Lei temos plena certeza que vamos reduzir ainda mais os &iacute;ndices de criminalidade contra as mulheres em todo Brasil. Como deputada legislarei nesta Casa, junto com os nobres pares e com as minhas colegas deputada Luana e deputada Am&aacute;lia para que no Tocantins a redu&ccedil;&atilde;o seja ainda maior.<br />
<br />
Queridas amigas…<br />
<br />
&Eacute; importante destacar tamb&eacute;m as nossas vit&oacute;rias. Em 2014 alcan&ccedil;amos o nosso respeito nas elei&ccedil;&otilde;es. De acordo com dados divulgados pelo TRE do Tocantins, somos praticamente metade do eleitorado tocantinense.<br />
<br />
Ser mulher em um mundo dominado pelos homens &eacute; uma miss&atilde;o dif&iacute;cil… N&atilde;o &eacute; mesmo companheiras? Aqui na Assembleia por exemplo… Somos tr&ecirc;s e o nossos colegas 21. Das oito vagas do Tocantins na C&acirc;mara Federal, apenas tr&ecirc;s s&atilde;o mulheres: a deputada e primeira-dama do Estado Dulce Miranda, a deputada Josi Nunes e a deputada Professora Dorinha.<br />
<br />
J&aacute; no Executivo estadual temos como representante a vice-governadora Cl&aacute;udia L&eacute;lis, a reitora da Unitins Eliz&acirc;ngela Gl&oacute;ria, as secret&aacute;rias estaduais Gleidy Braga, Luzimeire Carreira e a Tenente Coronel Patr&iacute;cia. Esta &uacute;ltima a primeira mulher a comandar o 2&ordm; Batalh&atilde;o da Pol&iacute;cia Militar em Aragua&iacute;na, o que nos honra ainda mais.<br />
<br />
Assim como eu, a primeira prefeita e a primeira reeleita mulher de Aragua&iacute;na. Temos que lutar para ser protagonistas em tudo minhas amigas, n&atilde;o apenas coadjuvantes.<br />
<br />
No judici&aacute;rio, agora com a nova desembargadora, Etelvina Felipe, s&atilde;o quatro representantes mulheres na Corte. Temos a desembargadora &Acirc;ngela Prudente, ex-presidente do Tribunal de Justi&ccedil;a que fez um grande trabalho e nos honrou como mulher.&nbsp; Jacqueline Adorno, que preside com afinco o TRE do Tocantins e Mayza Vendramini na vice-corregedoria do Estado, rec&eacute;m empossada e que com certeza far&aacute; um grande trabalho.<br />
<br />
N&atilde;o podemos esquecer ainda da ex-procuradora-Geral do Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual, Vera Nilva, da ministra K&aacute;tia Abreu e tamb&eacute;m das 57 defensoras p&uacute;blicas ativas do Estado…<br />
<br />
Uma mulher que serve como espelho de vida e deve sempre ser lembrada &eacute; a saudosa Zilda Arns, que hoje est&aacute; em processo de beatifica&ccedil;&atilde;o. Temos ainda a Irm&atilde; Dulce, Madre Tereza de Calcut&aacute;… Grandes mulheres que prestaram servi&ccedil;o ao pr&oacute;ximo.<br />
<br />
Em nome de todas as outras mulheres, quero parabenizar as homenageadas, Isidora Pereira Ribeiro, Terezinha Gomes da Silva, vereadora da minha cidade, Veneranda Rosa de Oliveira Elias… Mas de uma forma especial a minha homenageada… Que escolhi dentre tantas outras…<br />
<br />
A Dra. Maria L&uacute;cia Carneiro Barbosa de Brito que tive o privil&eacute;gio de ser testemunha da sua trajet&oacute;ria como esposa, m&atilde;e e companheira desde 1976.<br />
Fundadora do Lyons Clube… Administrando sua empresa, sendo professora universit&aacute;ria e sempre fazendo o social, pois a sua empresa &eacute; um lugar onde ela pratica caridade e colabora com o desenvolvimento de Aragua&iacute;na.<br />
<br />
M&atilde;e de quatro m&eacute;dicas, Michele, Milene, Ma&iacute;ra e Mariana… hoje quatro grandes profissionais por que tiveram exemplo dentro de casa. Escolhi voc&ecirc; Maria L&uacute;cia, por que sei que voc&ecirc; honra as mulheres tocantinenses, e porque n&atilde;o dizer as brasileiras.<br />
<br />
Honra-me pela sua humildade e sua garra. Vi&uacute;va do saudoso Dr. Francisco Barbosa de Brito, que hoje cumpre o papel de continuar prosperando, vencendo, lutando e n&atilde;o esquecendo o papel de m&atilde;e, av&oacute;, sogra e benfeitora das causas sociais… Continuando como aquela grande Dra. Maria L&uacute;cia que chegou rec&eacute;m-casada em Aragua&iacute;na e continua lutando como se fosse o primeiro dia.<br />
<br />
Minhas companheiras… S&oacute; n&oacute;s sabemos o desafio de mostrar que somos capazes de dar conta de tudo em casa e no trabalho e ainda lembrar do pr&oacute;ximo… Tarefa que realizamos todos os dias com a maior facilidade.<br />
Deixo aqui, queridas amigas, uma mensagem que ouvi dia destes e que nos representa muito bem:<br />
&ldquo;Todas temos algo em comum: somos apaixonadas pela vida e nos entregamos a ela. Ent&atilde;o um brinde minhas amigas &agrave; vida, at&eacute; porque a geramos. Vida… Sujeito mais do que feminino…&rdquo;.<br />
<br />
Por fim agrade&ccedil;o a Deus, &agrave; Maria Sant&iacute;ssima sua m&atilde;e, ao meu marido L&aacute;zaro Botelho, &agrave; minha fam&iacute;lia, &agrave; minha av&oacute;, &agrave; minha saudosa m&atilde;e, &agrave;s minhas irm&atilde;s, &agrave; minha nora, &agrave;s minhas netas…<br />
<br />
E tamb&eacute;m &agrave;quela que representa uma parte de mim, como se fosse eu pr&oacute;pria… A minha querida filha Let&iacute;cia Castelo Branco…<br />
<br />
Parab&eacute;ns mulheres!&quot;</em></span>

Comentários pelo Facebook: