Seet
Sobral – 300×100

Brasil tem meta de ampliar a classe média rural, diz Kátia

admin -

<span style="font-size:14px;">A ministra da Agricultura, Pecu&aacute;ria e Abastecimento, K&aacute;tia Abreu, disse nesta sexta-feira (13) que o Brasil tem o objetivo de ampliar a classe m&eacute;dia rural brasileira. Segundo a ministra, a meta foi apresentada durante a 4&ordf; Reuni&atilde;o de Ministros da Agricultura e Desenvolvimento Agr&aacute;rio do Brics, grupo que re&uacute;ne Brasil, &Iacute;ndia, China, R&uacute;ssia e &Aacute;frica do Sul, as cinco principais economias emergentes do mundo. Segundo ela, os representantes do Brics solicitaram o apoio do Brasil em rela&ccedil;&atilde;o aos mecanismos para democratiza&ccedil;&atilde;o da pesquisa, cr&eacute;dito e comercializa&ccedil;&atilde;o rurais.<br />
<br />
<em>&quot;A quest&atilde;o da seguran&ccedil;a alimentar est&aacute; muito ligada a esses mecanismos, inclusive n&oacute;s apresentamos o nosso objetivo da amplia&ccedil;&atilde;o da classe m&eacute;dia rural brasileira. Estamos tra&ccedil;ando estrat&eacute;gias que j&aacute; existem, foram testadas e estamos reunindo em um arcabou&ccedil;o s&oacute; para atender a esses [pequenos] produtores, levando instrumentos que possam elev&aacute;-los &agrave; condi&ccedil;&atilde;o de uma classe m&eacute;dia como n&oacute;s fizemos com a classe m&eacute;dia urbana&quot;</em>, declarou, em entrevista ap&oacute;s o encontro.<br />
<br />
K&aacute;tia Abreu informou ainda que convidou os representantes dos pa&iacute;ses do Brics para reuni&atilde;o na Organiza&ccedil;&atilde;o Mundial do Com&eacute;rcio (OMC). <em>&quot;Propus que n&oacute;s pud&eacute;ssemos estar juntos nesta primeira semana de abril, a convite do pr&oacute;prio ministro Roberto Azev&ecirc;do [diretor-geral do organismo internacional]&quot;</em>, disse. Segundo ela, com rela&ccedil;&atilde;o &agrave;s barreiras no com&eacute;rcio internacional de produtos do agroneg&oacute;cio, o entendimento &eacute; que n&atilde;o se deve aceitar exig&ecirc;ncias fitossanit&aacute;rias que n&atilde;o as estabelecidas pela Organiza&ccedil;&atilde;o Mundial de Sa&uacute;de Animal (OIE).<br />
<br />
A secret&aacute;ria executiva do Minist&eacute;rio do Desenvolvimento Agr&aacute;rio, Maria Fernanda Ramos Coelho, que participou da reuni&atilde;o representando o ministro Patrus Ananias, afirmou que atualmente 50% da popula&ccedil;&atilde;o rural do pa&iacute;s fazem parte da classe m&eacute;dia.<br />
<br />
Segundo ela, os pa&iacute;ses do Brics t&ecirc;m muitos pontos em comum, e um dos principais &eacute; a seguran&ccedil;a alimentar. <em>&quot;&Eacute; uma preocupa&ccedil;&atilde;o de todos os pa&iacute;ses, e o Brasil conquistou um marco. Em 2014, n&oacute;s sa&iacute;mos do mapa da fome. Todas as a&ccedil;&otilde;es institucionais que o governo brasileiro tomou &ndash; do ponto de vista do acesso ao alimento, ao cr&eacute;dito e &agrave; assist&ecirc;ncia t&eacute;cnica &ndash; ser&atilde;o fruto de v&aacute;rias coopera&ccedil;&otilde;es que est&atilde;o em andamento com esses pa&iacute;ses [do Brics]</em>&quot;, declarou.</span>

Comentários pelo Facebook: