Sobral – 300×100
Seet

Júri do caso Isabel é adiado para junho em razão da greve da Polícia Civil do Tocantins

admin -

<span style="font-size:14px;">O juiz titular da Comarca de Xambio&aacute;, Jos&eacute; Eust&aacute;quio de Melo J&uacute;nior, acolheu o pedido de adiamento formulado pela promotora de Justi&ccedil;a Priscilla Karla Stival Ferreira e adiou o julgamento pelo J&uacute;ri Popular dos acusados de homic&iacute;dio qualificado de Izabel Barbosa Pereira, marcado para esta quinta-feira (19/3).<br />
<br />
Segundo decis&atilde;o do juiz, o adiamento ocorreu pela impossibilidade de comparecimento de um dos acusados, Anderson de Araujo Souza, em raz&atilde;o da greve da Pol&iacute;cia Civil do Tocantins. Ele se encontra preso na Penitenci&aacute;ria Major Eldo S&aacute; Correia em Rondon&oacute;polis, estado do Mato Grosso, e n&atilde;o pode ser conduzido a Xambio&aacute;.<br />
<br />
Al&eacute;m de Anderson, foram denunciados pelo Minist&eacute;rio P&uacute;blico do Estado (MPE) os acusados Wagner Mendes da Silva, Roseli Francisco Alves da Silva, Ronaldo Espindola Silva e Sergio Mendes da Silva.<br />
<br />
O juiz havia designado o julgamento para esta quinta (19/3), mas deferiu o adiamento com fundamento no artigo 457, par&aacute;grafo 2&ordm;, do C&oacute;digo de Processo Penal. A norma faculta ao acusado preso o direito de estar presente na sess&atilde;o de julgamento.&nbsp; O magistrado entendeu que a interpreta&ccedil;&atilde;o da legisla&ccedil;&atilde;o processual penal prev&ecirc; o julgamento de todos os acusados numa mesma sess&atilde;o de julgamento, salvo em casos excepcionais.<br />
<br />
Na decis&atilde;o, o juiz fixou novo julgamento para o dia 11 de junho de 2015 e determinou que o acusado Anderson de Araujo Souza seja conduzido &agrave; Comarca de Xambio&aacute; para o julgamento.</span>

Comentários pelo Facebook: