Seet
Sobral – 300×100

Banco da Amazônia promove parceria entre Associação e Granol no Tocantins

admin -

<span style="font-size:14px;">Na manh&atilde; desta sexta-feira (20), o superintendente do Banco da Amaz&ocirc;nia, Marivaldo Melo, recebeu os representantes da Associa&ccedil;&atilde;o dos Reflorestadores e Defensores do Meio Ambiente do Estado do Tocantins (AREFLODEMATO) e da Granol, para tratarem da parceira na compra e venda de eucalipto entre a associa&ccedil;&atilde;o e empresa.<br />
<br />
O objetivo da reuni&atilde;o era estabelecer a parceria da Associa&ccedil;&atilde;o e a Granol para que os cerca de vinte associados possam vender seu produto para empresa. Segundo o presidente da associa&ccedil;&atilde;o, Ant&ocirc;nio Wanderlei, o processo iniciou-se no ano passado durante a Agrotins porque os produtores estavam com dificuldade para vender o eucalipto. <em>&ldquo;O com&eacute;rcio do eucalipto estava dif&iacute;cil e como o Banco da Amaz&ocirc;nia tem parceria com a Granol e com a gente, vimos a&iacute; uma oportunidade de neg&oacute;cio&rdquo;</em>, aponta. A previs&atilde;o &eacute; que ainda este m&ecirc;s toda a negocia&ccedil;&atilde;o seja finalizada.<br />
<br />
Dalva Pereira, gerente da ag&ecirc;ncia do banco em Pedro Afonso, conta como foi a negocia&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;O banco entrou como agente intermediador entre os associados e a Granol que agora ir&aacute; comprar o eucalipto para produzir o cava&ccedil;o e a partir dele gerarem energia el&eacute;trica&rdquo;</em>, relatou.<br />
<br />
J&aacute; o superintendente do Banco diz que a negocia&ccedil;&atilde;o foi boa para todos. <em>&ldquo;Ao facilitarmos esse processo todos os lados saem ganhando. A Granol passa a ter a mat&eacute;ria prima necess&aacute;ria para produzir energia, os produtores que s&atilde;o financiados do Banco vendem seus produtos e o Banco rev&ecirc; o financiamento aplicado&rdquo;</em>, finaliza.</span>

Comentários pelo Facebook: