Seet
Sobral – 300×100

Representação em Brasília funcionará em salas comerciais e Governo cita economia de mais de 50%

admin -

<span style="font-size:14px;">O Governo do Estado anunciou que a Secretaria de Representa&ccedil;&atilde;o do Estado em Bras&iacute;lia funcionar&aacute; a partir desta segunda-feira, 23, em nova sede, com objetivo de reduzir custos e adequar sua estrutura &agrave;s atividades final&iacute;sticas. A Secretaria encerrou o contrato com aluguel de uma mans&atilde;o no Lago Sul, &aacute;rea nobre de Bras&iacute;lia, em um terreno com 1.087 m&sup2;, para ter como sede um escrit&oacute;rio no Setor de Autarquias Sul, com &aacute;rea de 280 m&sup2;, o que acarretar&aacute; em uma redu&ccedil;&atilde;o de mais de 50% das despesas com estrutura f&iacute;sica.<br />
<br />
No m&ecirc;s de setembro de 2011, a sede da Secretaria foi instalada em uma mans&atilde;o no Lago Sul que s&oacute; de &aacute;rea constru&iacute;da possui 980 m&sup2;. No local ainda tem jardim, pomar, piscina, sauna, quadra de esportes e campo de futebol que s&atilde;o incompat&iacute;veis com as fun&ccedil;&otilde;es institucionais da Secretaria. O custo do aluguel mensal chegou a R$ 31.491,00 e desde o in&iacute;cio da vig&ecirc;ncia do contrato at&eacute; o final de 2014, somando os impostos e outras despesas o custo total, apenas com a loca&ccedil;&atilde;o, foi de R$1.158.630,00.<br />
<br />
O diagn&oacute;stico realizado pela nova gest&atilde;o apontou que apenas no &uacute;ltimo ano foram gastos mais de R$ 30 mil com manuten&ccedil;&atilde;o, seguro residencial, seguran&ccedil;a, &aacute;gua e energia el&eacute;trica. A mans&atilde;o est&aacute; localizada em regi&atilde;o longe do centro administrativo do governo federal, local da maior parte das atividades realizadas pelos t&eacute;cnicos da pasta, o que elevou os custos com combust&iacute;vel e muitas vezes inviabilizou o apoio aos gestores e t&eacute;cnicos do Estado que estavam trabalhando em Bras&iacute;lia.<br />
<br />
A nova sede ser&aacute; localizada em salas comerciais em um pr&eacute;dio no Setor de Autarquias Sul, tornando a Secretaria mais apropriada aos padr&otilde;es da gest&atilde;o p&uacute;blica e &agrave; realidade financeira do Estado. Al&eacute;m disso, haver&aacute; condi&ccedil;&otilde;es de oferecer apoio adequado aos gestores do Estado durante trabalho em Bras&iacute;lia, visto que este &eacute; um dos objetivos da pasta. A nova sede ter&aacute; um custo mensal de aluguel e condom&iacute;nio de R$ 15 mil, onde j&aacute; est&atilde;o inclusas as despesas com manuten&ccedil;&atilde;o, seguran&ccedil;a e recep&ccedil;&atilde;o.<br />
<br />
<u><strong>Equipe foi ajustada &agrave;s necessidades da pasta</strong></u><br />
<br />
Para tornar a pasta adequada aos seus objetivos o governo tamb&eacute;m trabalhou na redu&ccedil;&atilde;o de funcion&aacute;rios em cerca de 50%. Na gest&atilde;o anterior a equipe variava em torno de 50 pessoas. A folha de pagamento tinha uma m&eacute;dia mensal de R$ 180 mil e houve um pico de R$ 290 mil em dezembro de 2014, ano em que os gastos totais com a folha chegaram a mais de 2 milh&otilde;es de reais.<br />
<br />
A nova equipe possui 26 funcion&aacute;rios, sendo 21 deles efetivos do Quadro Geral do Estado, apenas 6 s&atilde;o cargos de confian&ccedil;a. Isso gera redu&ccedil;&atilde;o dos custos da folha, do material de consumo e da telefonia fixa. Para tornar a pasta ainda mais econ&ocirc;mica, celulares institucionais est&atilde;o suspensos, carros oficiais foram reduzidos e a gest&atilde;o est&aacute; implantando o projeto A3P &ndash; Agenda Ambiental na Administra&ccedil;&atilde;o P&uacute;blica, que visa melhorar o aproveitamento dos recursos utilizados em atividades do cotidiano.<br />
<br />
<strong><u>Pasta trabalha no apoio &agrave; capta&ccedil;&atilde;o de recursos federais</u></strong><br />
<br />
A Secretaria de Representa&ccedil;&atilde;o do Estado em Bras&iacute;lia trabalha na articula&ccedil;&atilde;o junto a &oacute;rg&atilde;os federais, institui&ccedil;&otilde;es privadas, representa&ccedil;&otilde;es diplom&aacute;ticas e Congresso Nacional para a capta&ccedil;&atilde;o de recursos, parcerias p&uacute;blico-privadas, interc&acirc;mbio t&eacute;cnico e outros aspectos voltados &agrave; identifica&ccedil;&atilde;o de oportunidades para o Estado. Os t&eacute;cnicos orientam os secret&aacute;rios e acompanham os processos de parcerias.<br />
<br />
A pasta tamb&eacute;m contribui para a redu&ccedil;&atilde;o do n&uacute;mero de viagens de gestores estaduais &agrave; Bras&iacute;lia, diminui a necessidade da vinda de assessores quando as visitas s&atilde;o indispens&aacute;veis e as demandas s&atilde;o resolvidas com menor custo operacional. A maioria dos estados brasileiros possuem representa&ccedil;&otilde;es em Bras&iacute;lia e se integram atrav&eacute;s do F&oacute;rum Nacional de Representa&ccedil;&otilde;es Estaduais em Bras&iacute;lia (Fonare), que tem o Estado do Tocantins como um dos seus fundadores.<br />
<img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/Foto%204%20-%20Casa%20de%20rep%20em%20Bras%EDlia%20foto%20divulga%E7%E3o.JPG" style="width: 600px; height: 360px;" />(</span><span style="font-size:14px;">A Secretaria encerrou o contrato com aluguel de uma mans&atilde;o no Lago Sul, &aacute;rea nobre de Bras&iacute;lia,&nbsp;em um terreno com 1.087 m&sup2;, e o custo do aluguel mensal chegou a R$ 31.491,00).</span><br />

Comentários pelo Facebook: