Seet
Sobral – 300×100

51,4% do araguainenses pretendem presentear com ovo de páscoa

admin -

<span style="font-size:14px;">Apesar do quadro recessivo da economia, o tocantinense pretende presentear ou consumir ovos de chocolate nessa P&aacute;scoa. Foi o que revelou uma pesquisa realizada nas tr&ecirc;s maiores cidades do Estado: Palmas, Aragua&iacute;na e Gurupi. A &ldquo;Expectativa de Consumo para a P&aacute;scoa 2015&rdquo; foi promovida pelo Instituto Fecom&eacute;rcio Tocantins em parceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT) entre os dias 3 e 6 de mar&ccedil;o. Cerca de 60% dos entrevistados, m&eacute;dia obtida entre as tr&ecirc;s cidades, disse ter a inten&ccedil;&atilde;o de comprar nesta p&aacute;scoa.<br />
<br />
Na Capital, 59,1% dos entrevistados afirmaram ter inten&ccedil;&atilde;o de presentear nessa P&aacute;scoa, com 55,4% tendo como prefer&ecirc;ncia a aquisi&ccedil;&atilde;o de ovos de p&aacute;scoa. A pretens&atilde;o de gasto com maior apelo (47%) &eacute; de at&eacute; R$ 50,00, sendo a forma de pagamento em dinheiro (82,6%). Conforme a maioria dos consumidores (54,7%), este ano os ovos est&atilde;o mais caros, e para eles, a marca do produto &eacute; o fator decisivo no momento da compra.<br />
<br />
Ainda na Capital, sobre a inten&ccedil;&atilde;o do consumo de pescados na Semana Santa, 63,8% afirmaram que ir&atilde;o consumir peixe, com prefer&ecirc;ncia pelo fresco (93,3%), e em especial, o tucunar&eacute; (19,4%). No item turismo e lazer, 73,8% disseram que n&atilde;o viajar&atilde;o, j&aacute; os que disseram que ir&atilde;o viajar (25,7%) o interior do Estado ser&aacute; o principal destino (57,3%).<br />
<br />
Em Aragua&iacute;na, 51,4% afirmaram possuir inten&ccedil;&atilde;o de presentear com ovo de P&aacute;scoa tradicional. O gasto da maioria de consumidores (49%) &eacute; de at&eacute; R$ 50,00, realizando esse pagamento em dinheiro (85,8%). Na compara&ccedil;&atilde;o do pre&ccedil;o do ovo de P&aacute;scoa deste ano com ao do ano passado, 50,7% afirmaram estar mais caros. O fator decisivo para a compra &eacute; a marca do produto, com 31,9%. Quanto ao consumo de pescados na Semana Santa, 71,6% afirmaram que ir&atilde;o consumir peixe, de prefer&ecirc;ncia fresco (94,4%), tendo o tucunar&eacute; como esp&eacute;cie preferida (25,3%). J&aacute; com rela&ccedil;&atilde;o ao turismo e ao lazer, 60,8% dos entrevistados disseram que n&atilde;o ir&atilde;o viajar. Dos que pretendem viajar, 39,5% afirmaram que os destinos ser&atilde;o outras cidades do Estado.<br />
<br />
Na cidade de Gurupi, 68,3% disseram ter inten&ccedil;&atilde;o de presentear algu&eacute;m. A previs&atilde;o com gastos nesta pascoa de 58% dos entrevistados &eacute; de at&eacute; R$ 50,00. Na compara&ccedil;&atilde;o de pre&ccedil;os dos ovos de P&aacute;scoa com rela&ccedil;&atilde;o ao ano passado, 53,3% disseram estar mais caros e que o fator determinante na compra dos mesmos &eacute; a marca do produto (54%). E sobre o consumo de pescados, 65,5% pretendem comprar algum tipo de peixe, fresco, de prefer&ecirc;ncia (93,2%), tendo o tucunar&eacute; como esp&eacute;cie preferida (26,6%). Quanto ao turismo e lazer, 68,5% disseram que n&atilde;o ir&atilde;o viajar. Entre os que pretendem faz&ecirc;-lo, 51,7% afirmaram que t&ecirc;m como destino outras cidades do interior do Tocantins.<br />
<br />
<u><strong>Sobre a pesquisa</strong></u><br />
<br />
A pesquisa teve como objetivo levantar a expectativa de consumo e o perfil do consumidor na P&aacute;scoa, a ser celebrada no pr&oacute;ximo dia cinco de abril. Foram analisados o perfil socioecon&ocirc;mico, a inten&ccedil;&atilde;o de consumo tanto de ovos de P&aacute;scoa, quanto de pescados, e o turismo e lazer durante a Semana Santa. Em Aragua&iacute;na e Palmas, foram entrevistadas em cada cidade 401 pessoas de ambos os sexos, com idade variando entre 16 e 25 anos e renda familiar de at&eacute; R$ 1.000,00. Em Gurupi, foram 403 pessoas ouvidas, tamb&eacute;m nas mesmas faixas, et&aacute;rias e de renda.</span>

Comentários pelo Facebook: