Seet
Sobral – 300×100

Comando de greve recorre à primeira-dama Dulce Miranda para intermediar acordo com Marcelo

admin -

<span style="font-size:14px;">A greve da Pol&iacute;cia Civil completou um m&ecirc;s no Tocantins, nesta quarta-feira (25). Buscando meios para viabilizar o di&aacute;logo com o Governo do Estado, o comando de greve apresentou a contraproposta da categoria &agrave; primeira-dama e deputada federal Dulce Miranda (PMDB), esposa do governador Marcelo Miranda. O encontro entre os integrantes do comando e congressista ocorreu em Bras&iacute;lia na tarde de ontem.<br />
<br />
Conforme o presidente do Sindicato dos Policiais Civis, Moisemar Marinho, a deputada federal se comprometeu em conversar com o Procurador-Geral do Estado, S&eacute;rgio do Vale, com secret&aacute;rios estaduais e principalmente com o governador Marcelo Miranda para que a categoria e administra&ccedil;&atilde;o estadual entre em acordo e a greve dos policiais civis seja encerrada.<br />
<br />
<em>&ldquo;Desde o princ&iacute;pio, n&oacute;s buscamos o di&aacute;logo. Hoje, a deputada federal Dulce Miranda entendeu isso e nos recebeu. Em uma conversa franca, pudemos mostrar que a nossa contraproposta n&atilde;o estava longe do que o governo tinha proposto no termo de compromisso intermediado pelo MPF (Minist&eacute;rio P&uacute;blico Federal), MPE (Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual) e Defensoria P&uacute;blica&rdquo;</em>, salientou o presidente Moisemar Marinho.<br />
<br />
Al&eacute;m de Moisemar Marinho, participaram do encontro com Dulce Miranda os policias Tito Lustosa e Suzi Silva.</span>

Comentários pelo Facebook: