Sobral – 300×100
Seet

Registrado no TSE, PSPP reúne lideranças do Tocantins e de outros 23 Estados em Brasília

admin -

<span style="font-size:14px;">O Partido do Servidor P&uacute;blico e Privado (PSPP) promoveu neste s&aacute;bado, 28, e domingo, 29, em Bras&iacute;lia (DF), o IV Encontro Nacional da legenda. O evento, que contou com a participa&ccedil;&atilde;o dos presidentes estaduais e de representantes dos diret&oacute;rios municipais, marcou a consolida&ccedil;&atilde;o da agremia&ccedil;&atilde;o em &acirc;mbito nacional. Depois que uma mobiliza&ccedil;&atilde;o que envolveu todo o pa&iacute;s, a agremia&ccedil;&atilde;o, que tem como s&iacute;mbolo um beija-flor, solicitou o registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).<br />
<br />
<em>&ldquo;Com o registro, o PSPP ingressa, definitivamente, no cen&aacute;rio pol&iacute;tico brasileiro. O partido nasce para abra&ccedil;ar a causa dos menos favorecidos, daqueles que precisam de representatividade. Seremos a voz dos servidores p&uacute;blicos, dos trabalhadores da iniciativa privada, dos profissionais liberais. Enfim, de todos que acreditam e lutam por um Brasil melhor</em>&rdquo;, afirmou, emocionado, Jair Andrade, presidente nacional da sigla.<br />
<br />
Registrado em sete estados e finalizando o processo de formaliza&ccedil;&atilde;o em outros dois, o PSPP, cujo n&uacute;mero eleitoral ser&aacute; 80, pretende resgatar a confian&ccedil;a da popula&ccedil;&atilde;o na pol&iacute;tica. &Eacute; o que explica o presidente do partido no Tocantins e vice-prefeito de Aragua&iacute;na, Fraudneis Fiomare. <em>&ldquo;A pol&iacute;tica, como um todo, vive uma crise de credibilidade no pa&iacute;s. Os esc&acirc;ndalos de corrup&ccedil;&atilde;o tem colocado a opini&atilde;o p&uacute;blica contra os partidos e institui&ccedil;&otilde;es. O PSPP pretende recuperar a confian&ccedil;a do povo no poder p&uacute;blico e nos agentes pol&iacute;ticos, renovando a esperan&ccedil;a em um novo tempo, de igualdade, fraternidade e cidadania&rdquo;</em>, explicou.<br />
<br />
Dois deputados estaduais participaram do encontro: Dhiego Coelho, presidente do PSPP em Roraima, e Elenil da Penha, do PMDB do Tocantins. <em>&ldquo;O pluripartidarismo &eacute; uma das carater&iacute;sticas fundamentais da democracia. N&atilde;o fa&ccedil;o parte do PSPP, mas sei que esse partido &eacute; formado por homens e mulheres que acreditam na for&ccedil;a das novas ideias, na grandeza dos valores republicanos e, sobretudo, na constru&ccedil;&atilde;o de um pa&iacute;s mais digno</em>&rdquo;, declarou o parlamentar tocantinense.</span>

Comentários pelo Facebook: