Seet
Sobral – 300×100

Em todo Brasil, estudantes realizam coleta de assinatura para Reforma Política

admin -

<span style="font-size:14px;">A UNE participa desde agosto de 2013 da Coaliz&atilde;o pela Reforma Pol&iacute;tica Democr&aacute;tica e Elei&ccedil;&otilde;es Limpas movimento com mais de 100 entidades e organiza&ccedil;&otilde;es da sociedade em torno de um projeto de iniciativa popular que quer mudar de verdade a forma de fazer pol&iacute;tica no Brasil. A principal diferen&ccedil;a do projeto da Coaliz&atilde;o aos outros que est&atilde;o &lsquo;aparecendo&rsquo; no cen&aacute;rio, como a PEC 352, &eacute; no que se refere ao fim do financiamento empresarial de campanha, tirando de cima das elei&ccedil;&otilde;es a influ&ecirc;ncia do poder do dinheiro.<br />
<br />
Desde o dia 20 de mar&ccedil;o, a Coaliz&atilde;o deu in&iacute;cio &agrave; &ldquo;Semana Nacional de Mobiliza&ccedil;&atilde;o pela Reforma Pol&iacute;tica&rdquo;. Por isso, v&aacute;rios atos t&ecirc;m sido organizados nacionalmente como uma &ldquo;for&ccedil;a tarefa&rdquo; para intensificar a coleta de assinaturas para o projeto.<br />
<br />
De acordo com o diretor de Comunica&ccedil;&atilde;o da UNE, Thiago Jos&eacute;, todas as entidades estudantis, como as UEEs, DCEs, DAs e CAs estar&atilde;o nessa luta nos pr&oacute;ximos dias. &ldquo;Haver&aacute; barracas de coletas em diversas universidades e pontos estrat&eacute;gicos em cidades de Norte a Sul do pa&iacute;s&rdquo;, explicou.<br />
<br />
O recolhimento das assinaturas j&aacute; come&ccedil;ou. S&atilde;o necess&aacute;rio 1,5 milh&atilde;o para que o projeto seja apresentado ao Legislativo brasileiro e possa entrar na pauta de discuss&atilde;o e vota&ccedil;&atilde;o do Congresso. A Coaliz&atilde;o j&aacute; conseguiu 600 mil assinaturas. Conhe&ccedil;a o projeto e participe divulgando na sua universidade. Visite o site da&nbsp;<a href="http://www.une.org.br/2015/03/em-todo-o-brasil-estudantes-montam-bancas-de-coleta-de-assinatura-pela-reforma-politica/www.reformapoliticademocratica.org.br/conheca-o-projeto/" target="_blank">Coaliz&atilde;o pela Reforma Pol&iacute;tica e Elei&ccedil;&otilde;es Limpas</a>.<br />
<br />
<strong>Santa&nbsp;</strong><strong>Catarina</strong><br />
<br />
A galera de Santa Catarina saiu na frente esta semana e recolheram milhares de assinaturas nas universidades Univali (Itaja&iacute; e Balne&aacute;rio Cambori&uacute;), Udesc (Balne&aacute;rio Cambori&uacute;), Unesc (Crici&uacute;ma), Unochapec&oacute; (Chapec&oacute;).<br />
De acordo com o presidente da Uni&atilde;o Catarinense de Estudantes (UCE), Yuri Becker, a entidade tratou o tema com prioridade desde o in&iacute;cio da gest&atilde;o. &ldquo;Estamos com uma banca no centro de Florian&oacute;polis, em frente ao Mercado P&uacute;blico, onde estudantes est&atilde;o se revezando para explicar para as pessoas os diversos pontos e a import&acirc;ncia da Reforma Pol&iacute;tica&rdquo;, afirmou.<br />
<br />
Para Becker, o principal ponto para conscientizar as pessoas &eacute; o quanto o financiamento empresarial de campanha favorece a corrup&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;Afinal, quem paga a banda escolhe a m&uacute;sica&rdquo;</em>, alfinetou.<br />
<br />
De acordo com o estudante, a receptividade da popula&ccedil;&atilde;o na rua tem sido muito boa e algumas pessoas, inclusive, pedem para levar listas para casa para os familiares assinarem. Na universidade, ele afirma que o debate tem ficado cada vez mais &ldquo;efervescente&rdquo; e isso &eacute; muito positivo. <em>&ldquo;Os estudantes devem fazer dessa campanha a prioridade para mudar a pol&iacute;tica no Brasil e combater a corrup&ccedil;&atilde;o&rdquo;</em>, salientou.<br />
<br />
<strong>Bahia</strong><br />
<br />
Na Universidade Federal da Bahia (UFBA), a banca que est&aacute; mobilizando para a coleta de assinaturas fica em frente &agrave; Biblioteca Central e est&aacute; funcionando toda manh&atilde; e fim de tarde.<br />
<br />
<em>&ldquo;Temos feito todo um processo de conscientiza&ccedil;&atilde;o colocando como ponto central o combate &agrave; corrup&ccedil;&atilde;o e os estudantes tem se interessado bastante&rdquo;,</em> afirmou a presidenta da Uni&atilde;o de Estudantes Baianos (UEB), Marianna Dias.<br />
De acordo com ela, a UEB tem algumas a&ccedil;&otilde;es programadas na Faculdade Rui Barbosa como um debate no m&ecirc;s de abril junto &agrave; Comiss&atilde;o da Reforma Pol&iacute;tica da Ordem dos Advogados (OAB) da Bahia.<br />
<br />
<strong>Minas&nbsp;</strong><strong>Gerais</strong><br />
<br />
Em Minas Gerais a coleta de assinaturas j&aacute; foi feita na Universidade Federal (UFMG), na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), no Instituto Federal do Norte de Minas, na cidade de Janu&aacute;ria, na Faculdade de Ci&ecirc;ncia e Tecnologia de Montes Claros (FACIT), no norte do Estado e na Universidade Estadual (UEMG), nos campus de Frutal e Carangola.<br />
<br />
De acordo com o presidente da Uni&atilde;o Estadual de Estudantes de Minas Gerais (UEE-MG), Paulo S&eacute;rgio, a ideia &eacute; que nestas universidades o processo continue por meio dos contatos que contribuam com a coleta de assinaturas.<br />
<br />
<em>&ldquo;Queremos organizar um comit&ecirc; permanente e no pr&oacute;ximo m&ecirc;s um ciclo de debates que discuta a Reforma Pol&iacute;tica em diferentes universidades. Precisamos afirmar qual &eacute; a reforma pol&iacute;tica que os estudantes querem&rdquo;</em>, ressaltou.<br />
No pr&oacute;ximo dia 6 de abril um debate j&aacute; est&aacute; marcado na Faculdade de Ci&ecirc;ncia Econ&ocirc;micas da UFMG com a presen&ccedil;a de parlamentares. Segundo Paulo, este &eacute; o momento de aprofundar a quest&atilde;o da reforma.<br />
<br />
<strong>Cear&aacute;</strong><br />
<br />
Em Fortaleza, a banca da Coaliz&atilde;o pela Reforma Pol&iacute;tica Democr&aacute;tica fica no principal espa&ccedil;o p&uacute;blico da cidade, a Pra&ccedil;a do Ferreira. No s&aacute;bado, ser&aacute; o dia dos estudantes mobilizarem as pessoas que passam pelo local acerca do assunto. De acordo com a diretora da UNE, Germana Amaral, ter&ccedil;a-feira (31) haver&aacute; panfletagem sobre o tema na Universidade Federal do Cear&aacute; (UFC).</span><br />

Comentários pelo Facebook: