Sobral – 300×100
Seet

Fugitivo da justiça do Pará é executado com cerca de 15 tiros em Araguaína

admin -

<span style="font-size:14px;">Um foragido da Justi&ccedil;a do Par&aacute; foi executado com 15 tiros neste s&aacute;bado (28) numa emboscada em Aragua&iacute;na (TO).&nbsp; O crime ocorreu por volta das 18h30, &agrave;s margens da BR-153, em frente ao Bairro JK. A v&iacute;tima foi identificada como Jeferson Concei&ccedil;&atilde;o Silva, conhecido como Cowboy.&nbsp;<br />
<br />
<u><strong>Emboscada</strong></u><br />
<br />
Segundo relato de testemunha, o homem trafegava na BR-153 de moto e no momento em que parou, encostando no meio fio, foi surpreendido por dois indiv&iacute;duos armados, que j&aacute; o esperavam e chegaram atirando. Geferson foi atingido ainda montado no ve&iacute;culo, caiu e os executores descarregaram as armas nele.&nbsp; De acordo com a PM, pelo menos 15 tiros acertaram a v&iacute;tima.<br />
<br />
Os executores, segundo a PM, fugiram numa camionete Ranger branca, que dava suporte &agrave; a&ccedil;&atilde;o criminosa.&nbsp; A pol&iacute;cia fez buscas, sem sucesso.&nbsp; De acordo a Pol&iacute;cia, &nbsp;Jeferson portava documento falso e v&aacute;rios celulares, no momento da execu&ccedil;&atilde;o. A PM informou ainda que Jeferson &eacute; acusado de homic&iacute;dio e fugitivo da Justi&ccedil;a do Par&aacute;.<br />
<br />
<u><strong>Suspeitas</strong></u><br />
<br />
Levantamento tamb&eacute;m aponta envolvimento com o tr&aacute;fico e na resid&ecirc;ncia em que morava a Pol&iacute;cia encontrou droga.&nbsp;&nbsp; Segundo o Di&aacute;rio da Justi&ccedil;a do Par&aacute;, o juiz Enguellyes Torres de Lucena da Comarca de Xinguara, expediu mandado de pris&atilde;o contra Jeferson por homic&iacute;dio em maio de 2014.&nbsp; Ele &eacute; acusado de matar um homem em mar&ccedil;o de 2014, em &Aacute;gua Azul do Norte (PA).&nbsp; De acordo com a Ag&ecirc;ncia de Not&iacute;cias do Par&aacute;,&nbsp; h&aacute; suspeita de participa&ccedil;&atilde;o dele em pistolagem e tamb&eacute;m de envolvimento numa associa&ccedil;&atilde;o criminosa composta por 16 pessoas, que agia na regi&atilde;o sul Par&aacute;.<br />
<br />
At&eacute; a tarde deste domingo, 29, o corpo de encontrava no IML de Aragua&iacute;na.&nbsp; As investiga&ccedil;&otilde;es est&atilde;o sob responsabilidade da Pol&iacute;cia Civil de Aragua&iacute;na (TO).</span>

Comentários pelo Facebook: