Seet
Sobral – 300×100

Luana Ribeiro propõe que servidores elaborem Plano de Gestão da Saúde apontando problemas e soluções

admin -

<span style="font-size:14px;">A deputada estadual Luana Ribeiro (PR) afirmou nesta ter&ccedil;a-feira (31) que est&aacute; preocupada com a situa&ccedil;&atilde;o da sa&uacute;de no Estado, cujos profissionais est&atilde;o paralisados desde segunda-feira (30) e prop&ocirc;s a cria&ccedil;&atilde;o de um Plano de Gest&atilde;o da Sa&uacute;de.<br />
<br />
Segundo a deputada, uma a&ccedil;&atilde;o com resultado pr&aacute;tico, que re&uacute;na todos os profissionais da sa&uacute;de para elencar os problemas e apontar as solu&ccedil;&otilde;es para cada &aacute;rea. <em>&ldquo;N&atilde;o podemos apenas criticar A ou B, porque &eacute; um problema complexo. Sabemos que a sa&uacute;de passa por momentos cr&iacute;ticos e a solu&ccedil;&atilde;o precisa vir da gest&atilde;o&rdquo;</em>, argumentou Luana Ribeiro. Luana apresentou a proposta durante a audi&ecirc;ncia p&uacute;blica que discutiu o Or&ccedil;amento e a Lei de Responsabilidade Fiscal e que reuniu na Assembleia Legislativa o Conselho Econ&ocirc;mico do Estado e os sindicatos dos servidores p&uacute;blicos.<br />
<br />
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Sa&uacute;de (Sintras),&nbsp; Manoel Miranda, gostou da proposta da deputada. <em>&ldquo;A gest&atilde;o de sa&uacute;de n&atilde;o &eacute; responsabilidade s&oacute; do governador ou&nbsp; dos secret&aacute;rios, mas tamb&eacute;m dos servidores efetivos de carreira. &Eacute; preciso ouvir e respeitar as opini&otilde;es dos servidores&rdquo;</em>, destacou o presidente.<br />
<br />
Luana fez v&aacute;rios questionamentos&nbsp;aos secret&aacute;rios&nbsp; da Fazenda, Paulo Afonso Teixeira, do Planejamento, Jefferson Barros,&nbsp; e da Administra&ccedil;&atilde;o, Jefferson Barros, presentes na audi&ecirc;ncia. <em>&quot;O que o governo far&aacute; para resolver a quest&atilde;o da Pol&iacute;cia Civil, da Pol&iacute;cia Militar e do Quadro Geral? O governo do Estado enviou novas promo&ccedil;&otilde;es para a PM, previstas para o dia 21 de abril, mesmo tendo cancelado as promo&ccedil;&otilde;es concedidas ano passado? Em maio vence a data-base, o governo vai cumprir? O que o governo planejou para aumentar a receita? Quais os meios para melhorar a economia?&rdquo;</em>, perguntou a parlamentar.<br />
<br />
J&aacute; o secret&aacute;rio da Administra&ccedil;&atilde;o, Jeffeson Barros, afirmou que o&nbsp; Estado enfrenta&nbsp; um grave problema financeiro e&nbsp; solicitou que a deputada fizesse uma solicita&ccedil;&atilde;o formal para que as perguntas fossem respondidas.</span>

Comentários pelo Facebook: