Seet
Sobral – 300×100

Estado assina acordo para ampliar rede de atendimento a vítimas de violência sexual infantil

admin -

<span style="font-size:14px;">O Governo do Tocantins assinou um acordo para expandir o atendimento &agrave;s v&iacute;timas de&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">viol&ecirc;ncia sexual infantil&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">para o Hospital Infantil de&nbsp;Palmas, e aos munic&iacute;pios de Aragua&iacute;na e Gurupi. A inten&ccedil;&atilde;o do Estado &eacute; desburocratizar o atendimento, que antes era centrado no Hospital e Maternidade Dona Regina (HDMR), e ampliar o leque de profissionais capacitados para prestar os servi&ccedil;os. O acordo foi feito em reuni&atilde;o realizada na sexta-feira (10) entre a Secretaria de Estado da Sa&uacute;de (Sesau), Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de (MS), diretores de hospitais e diretores de aten&ccedil;&atilde;o prim&aacute;ria, especializada e vigil&acirc;ncia em sa&uacute;de.<br />
<br />
Desde essa quinta-feira, 9, o Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de estava em Palmas conhecendo os servi&ccedil;os prestados &agrave;s v&iacute;timas. Em visita ao Servi&ccedil;o de Aten&ccedil;&atilde;o Especializada &agrave;s Pessoas em Situa&ccedil;&atilde;o de Viol&ecirc;ncia Sexual (Savis), do Hospital Dona Regina, e Servi&ccedil;o de Atendimento a V&iacute;timas de Viol&ecirc;ncia Dom&eacute;stica (Savid), do Hospital Infantil de Palmas, profissionais foram ainda sensibilizados para registro dos atendimentos no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Sa&uacute;de (CNES).<br />
<br />
Segundo o secret&aacute;rio da Sa&uacute;de, Samuel Bonilha, a capacita&ccedil;&atilde;o de mais profissionais estender&aacute; a rede atuante no Tocantins de combate &agrave; viol&ecirc;ncia sexual infantil. <em>&ldquo;O Governo do Estado tem o compromisso de levar o treinamento para todos os outros hospitais e munic&iacute;pios. Os profissionais ser&atilde;o treinados para notificarem, tratarem e darem encaminhamento para as v&iacute;timas&rdquo;</em>, afirmou.<br />
<br />
Ap&oacute;s oficializa&ccedil;&atilde;o, o Savid do Hospital Infantil de Palmas far&aacute; o atendimento completo aos pacientes. Para a diretora do hospital, Leiliani Alves da Silva, a mudan&ccedil;a far&aacute; com que os sofrimentos das v&iacute;timas sejam minimizados. <em>&ldquo;Muitas pessoas sofriam bastante com a burocracia de todo o processo: recebiam atendimento no Hospital Infantil, eram encaminhadas para o Dona Regina e &agrave;s vezes eram devolvidas para o Hospital Infantil&rdquo;</em>, frisou.<br />
<br />
A t&eacute;cnica do Minist&eacute;rio da Sa&uacute;de Maria de Lourdes Magalh&atilde;es comemorou o desfecho das visitas em Palmas. <em>&ldquo;Nossa vinda foi extremamente positiva. Estamos avan&ccedil;ando nessa agenda da tem&aacute;tica do combate &agrave; viol&ecirc;ncia sexual infantil. Isso requer agilidade para darmos respostas para a popula&ccedil;&atilde;o. Saio bastante satisfeita, pois o secret&aacute;rio tamb&eacute;m deu uma demonstra&ccedil;&atilde;o de abra&ccedil;ar a causa. Isso &eacute; muito importante&rdquo;</em>, disse.<br />
<br />
Agora, a Secretaria de Estado da Sa&uacute;de deve reunir todas as &aacute;reas de interesse para definir, atrav&eacute;s de portaria, o encaminhamento da amplia&ccedil;&atilde;o da rede de atendimento &agrave;s v&iacute;timas.</span>

Comentários pelo Facebook: