Sobral – 300×100
Seet

Falece aos 84 anos professor Fidêncio Bogo, pioneiro no Tocantins e ativista da criação da Unitins

admin -

<span style="font-size:14px;">O professor, escritor e poeta Fid&ecirc;ncio Bogo, 83 anos, faleceu na manh&atilde; desta segunda-feira (13), no Hospital Oswaldo Cruz, em Palmas, em decorr&ecirc;ncia de uma parada card&iacute;aca. Ele estava internado h&aacute; cerca de dois meses com problemas pulmonares.<br />
<br />
O corpo est&aacute; sendo velado no audit&oacute;rio da Unitins, na 108 Sul. Nesta ter&ccedil;a-feira (14), &agrave;s 8 horas, ser&aacute; realizada uma missa de corpo presente na Igreja Nossa Senhora do Carmo, na 108 Norte. O enterro est&aacute; marcado para as 09 horas, no Cemit&eacute;rio Jardim das Ac&aacute;cias.<br />
<br />
Fid&ecirc;ncio Bogo nasceu em 12 de maio de 1931, em Rio do Oeste, Santa Catarina. &Eacute; neto de italianos e filho de colonos. Ingressou no semin&aacute;rio aos 11 anos, tornou-se padre em 1954 e abandonou o sacerd&oacute;cio 1968. Mudou-se para Natividade, em 1976 a partir de quando prestou um grande servi&ccedil;o &agrave; educa&ccedil;&atilde;o e &agrave; cultura tocantinense. Em 1985 se mudou de Natividade para Porto Nacional, a fim de lecionar na rec&eacute;m-criada Faculdade de Filosofia do Norte Goiano (Fafing).<br />
<br />
Participou ativamente da cria&ccedil;&atilde;o da Unitins, onde fez parte da comiss&atilde;o de implanta&ccedil;&atilde;o da Universidade nos anos de 1991 e 1992. Foi o primeiro professor contratado da Universidade Luterana do Brasil (Ceulp/Ulbra), em 1993. Foi membro do Conselho Estadual de Educa&ccedil;&atilde;o durante 11 anos; Presidente do Conselho Municipal de Educa&ccedil;&atilde;o de Palmas de 1998 a 2000. Aposentou-se em 2001, mas continuou atuando ativamente da educa&ccedil;&atilde;o tocantinense e</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;deixa marcas de seu trabalho tamb&eacute;m em seu blog (<a href="http://fidenciobogo.blogspot.com" target="_blank">fidenciobogo.blogspot.com</a>), onde escreveu lindas poesias e poemas sobre assuntos diversos.</span><br />
<span style="font-size:14px;">&nbsp;&nbsp;&nbsp;<br />
Na cultura deixou importantes obras liter&aacute;rias de poesias, como &ldquo;Poesia Um&rdquo;, publicada em 1985; em 1995 publicou &#39;Aprendizagem 1&#39; (poesias), seguido de &ldquo;Aprendizagem 2&rdquo;.&nbsp; Publicou ainda &#39;O Quati e outros contos&#39;, &#39;Coluna presta&#39;, No&ccedil;&otilde;es de Teoria da Literatura e Minha Escola, Escola de Vida. Deixou outras obras prontas para publica&ccedil;&atilde;o como poesias e contos.<br />
<br />
&Eacute; membro da Academia Tocantinense de Letras (ATL) e da Academia Palmense de Letras (APL).&nbsp; Recebeu os t&iacute;tulos de Cidad&atilde;o Nativitano, Cidad&atilde;o Palmense e Cidad&atilde;o Tocantinense. Em 2007 foi homenageado na terceira edi&ccedil;&atilde;o do Sal&atilde;o do Livro do Tocantins.<br />
<br />
Em 2007, em entrevista &agrave; equipe de comunica&ccedil;&atilde;o da Seduc, contou que foram os buritizais que o trouxeram para o Tocantins. &#39;Em 75, estava vindo de Roraima, o avi&atilde;o estava passando sobre a regi&atilde;o que hoje &eacute; o Tocantins, vi aquelas palmeiras lindas, falei: &eacute; em um lugar como esse que quero morar&#39;.<br />
<br />
Fid&ecirc;ncio deixa a esposa Iria Bogo e tr&ecirc;s filhas biol&oacute;gicas: Ta&iacute;s, Madianita e Ma&iacute;ra, e uma de cria&ccedil;&atilde;o, Val Rodrigues. Deixa seis netos.</span>

Comentários pelo Facebook: