Sobral – 300×100
Seet

Hospital Universitário de Araguaína já prepara concurso com 338 vagas

admin -

<span style="font-size:14px;">Os tr&acirc;mites finais do processo de transi&ccedil;&atilde;o do</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;Hospital de Doen&ccedil;as Tropicais de Aragua&iacute;na (HDT), que pertencia ao Governo do Estado, para a Universidade Federal do Tocantins (UFT), &nbsp;</span><span style="font-size:14px;">foram debatidos em reuni&atilde;o t&eacute;cnica ocorrida na tarde desta ter&ccedil;a-feira, 13.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Na ocasi&atilde;o, o secret&aacute;rio de Estado da Sa&uacute;de, Samuel Bonilha, refor&ccedil;ou que o processo trar&aacute; a oferta de mais profissionais e a amplia&ccedil;&atilde;o do servi&ccedil;o. <em>&ldquo;S&oacute; haver&aacute; benef&iacute;cios, o hospital ter&aacute; ampliado seu n&uacute;mero de leitos, contar&aacute; tamb&eacute;m com amplia&ccedil;&atilde;o do centro cir&uacute;rgico, porque passar&aacute; a ser hospital universit&aacute;rio. No final do ano, j&aacute; vai ter vestibular e isso representa um ganho para toda regi&atilde;o. Ser&aacute; importante porque a forma&ccedil;&atilde;o dos residentes j&aacute; vai come&ccedil;ar aqui. Hoje, precisamos de m&eacute;dicos, principalmente, especialistas. Tudo isso &eacute; benef&iacute;cio que o Estado e a UFT v&ecirc;m trabalhando com vistas a melhorar a sa&uacute;de de nossa regi&atilde;o&rdquo;</em>, destacou.<br />
<br />
De acordo com o representante da UFT e superintendente do HDT, Jos&eacute; Pereira Guimar&atilde;es Neto, o processo de transi&ccedil;&atilde;o tem ocorrido com cautela, para que n&atilde;o haja a interrup&ccedil;&atilde;o de servi&ccedil;os ofertados &agrave; popula&ccedil;&atilde;o. <em>&ldquo;&Eacute; muito complexo se fazer a transi&ccedil;&atilde;o de um hospital e a presen&ccedil;a do secret&aacute;rio aqui &eacute; para que possamos fazer isso com toda tranquilidade, sem que o hospital deixe de cumprir seu papel. Estamos trabalhando na cria&ccedil;&atilde;o do curso de Medicina em Aragua&iacute;na, com previs&atilde;o de in&iacute;cio para novembro desse ano, oferecendo o HDT como campo de est&aacute;gio. Al&eacute;m disso, vamos realizar o concurso, da&iacute; a universidade passa efetivamente a gerir o hospital</em>&rdquo;, explicou.<br />
<br />
Para o diretor geral do HDT, Hil&aacute;rio Ara&uacute;jo Nunes, as expectativas s&atilde;o as melhores, principalmente diante da dificuldade da m&atilde;o de obra de especialistas. <em>&ldquo;Hoje, os profissionais que s&atilde;o formados t&ecirc;m que buscar resid&ecirc;ncia m&eacute;dica em outra regi&atilde;o e geralmente eles n&atilde;o voltam. Com essa transi&ccedil;&atilde;o, acredito que isso vai melhorar bastante, principalmente na &aacute;rea da infectologia&rdquo;</em>, ressaltou.<br />
<br />
A reuni&atilde;o, que ocorreu no HDT, em Aragua&iacute;na, contou com a participa&ccedil;&atilde;o do secret&aacute;rio de Articula&ccedil;&atilde;o Pol&iacute;tica, Paulo Sidnei, que refor&ccedil;ou que &ldquo;os detalhes administrativos devem ser logo acertados, para que se acelere o processo e haja benef&iacute;cios para a popula&ccedil;&atilde;o&rdquo;.<br />
<br />
<u><strong>Concurso</strong></u><br />
<br />
Conforme explicou o superintendente do HDT, logo deve ser escolhida a empresa que vai realizar o concurso, com oferta de 338 vagas.<br />
<br />
Com o certame, a ser promovido pela Empresa Brasileira de Servi&ccedil;os Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Minist&eacute;rio da Educa&ccedil;&atilde;o (MEC), a previs&atilde;o &eacute; de um aumento de 21% da for&ccedil;a de trabalho no hospital. A quantidade de vagas, bem como as &aacute;reas profissionais previstas nos concursos, ser&atilde;o divulgadas nos editais previstos para serem publicados nos pr&oacute;ximos meses.<br />
<br />
Sobre o quadro de pessoal, o secret&aacute;rio Samuel Bonilha destacou que com o concurso feito e os novos servidores empossados ser&aacute; realizada a transi&ccedil;&atilde;o dos servidores que hoje atuam no hospital. &ldquo;<em>Com a realiza&ccedil;&atilde;o do concurso, isso deve ocorrer at&eacute; o final do ano. At&eacute; l&aacute;, esses servidores podem continuar fazendo seu servi&ccedil;o normal no HDT, atendendo as necessidades da popula&ccedil;&atilde;o dentro daquilo que for sua atribui&ccedil;&atilde;o</em>&rdquo;, informou.<br />
<br />
<u><strong>O HDT</strong></u><br />
<br />
Com 80 funcion&aacute;rios contratados e 201 efetivos, o Hospital de Doen&ccedil;as Tropicais conta com 51 leitos de interna&ccedil;&atilde;o e seis cadastrados para tratamento de pacientes com Aids. Na unidade, s&atilde;o oito consult&oacute;rios no ambulat&oacute;rio e profissionais que atuam nas &aacute;reas de pneumologia, dermatologia, ginecologia, cl&iacute;nica m&eacute;dica, pediatria, infectologia e hepatologia.&nbsp;<br />
<br />
O hospital tem mesclado o servi&ccedil;o de ambulat&oacute;rio e interna&ccedil;&atilde;o, um dos poucos que tem essa estrutura no Estado. A m&eacute;dia de atendimento ambulatorial &eacute; de 120 pacientes por dia e a taxa de ocupa&ccedil;&atilde;o &eacute; de 60%, j&aacute; que a maioria dos casos necessita de isolamento.&nbsp;<br />
<br />
<u><strong>Entenda</strong></u><br />
<br />
O Governo do Estado doou &agrave; UFT, o Hospital de Doen&ccedil;as Tropicais e a Funda&ccedil;&atilde;o de Medicina Tropical (Funtrop), para que seja implantado o curso de Medicina no campus de Aragua&iacute;na.<br />
<br />
Com a doa&ccedil;&atilde;o, o HDT passa a ser hospital universit&aacute;rio e al&eacute;m de continuar atendendo toda a popula&ccedil;&atilde;o da regi&atilde;o, permitir&aacute; a pr&aacute;tica dos estudantes de Medicina e o aperfei&ccedil;oamento dos profissionais atrav&eacute;s de resid&ecirc;ncia m&eacute;dica. J&aacute; a Funtrop dever&aacute; se transformar em um centro de excel&ecirc;ncia em pesquisa.</span>

Comentários pelo Facebook: