Seet
Sobral – 300×100

Réu confesso e debochado pega 46 anos de prisão por latrocínio e estupro seguido de morte da jovem Kelle Silva

admin -

<span style="font-size:14px;"><u>Da Reda&ccedil;&atilde;o</u><br />
<br />
O jovem Welton Os&oacute;rio da Silva, 22 anos, foi condenado pelos crimes de latroc&iacute;nio e estupro seguido de morte da jovem Kelle Maria Ara&uacute;jo Silva, 29 anos. O caso ocorreu em agosto de 2014, na cidade de Palmas. O Poder Judici&aacute;rio atendeu aos pedidos do Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual (MPE) na A&ccedil;&atilde;o Penal e condenou Welton a 46 anos de reclus&atilde;o.<br />
<br />
O caso teve grande repercuss&atilde;o em todo o Estado e at&eacute; na m&iacute;dia nacional em fun&ccedil;&atilde;o de declara&ccedil;&otilde;es registradas em v&iacute;deo e divulgadas na internet, em que Welton Os&oacute;rio confessa o crime em tom de deboche.&nbsp;</span><span style="font-size:14px;"><em>&quot;Eu estuprei mesmo e matei mesmo. Vou ficar mais ou menos uns tr&ecirc;s meses, mas nem que demore um pouco n&atilde;o vou reclamar. Pelo menos a gente engorda&quot;</em>, afirmou Welton.</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;<br />
<br />
O criminoso foi preso portando o dinheiro que recebeu da venda da moto de Kelle, no valor de R$ 1,8 mil. Antes de ser morta por estrangulamento, a v&iacute;tima foi amarrada e violentada.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;"><img alt="" src="http://www.afnoticias.com.br/administracao/files/images/kelle.jpg" style="width: 300px; height: 242px; border-width: 0px; border-style: solid; margin-left: 5px; margin-right: 5px; float: right;" />A jovem foi encontrada morta pelo irm&atilde;o dentro da quitinete onde morava na quadra 706 sul em Palmas.&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">Segundo a PM, Kelle teria sido amarrada por volta da meia-noite e em seguida agredida e violentada sexualmente. Depois disso somente &agrave;s quatro da manh&atilde; o suspeito estragulou a v&iacute;tima.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">De acordo com o Promotor de Justi&ccedil;a Andr&eacute; Ramos Varanda, autor da den&uacute;ncia, o condenado agiu com extrema frieza e brutalidade. A decis&atilde;o foi proferida pelo Juiz da 3&ordf; Vara Criminal de Palmas, Rafael Gon&ccedil;alves de Paula, no dia 29 de mar&ccedil;o.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Na &eacute;poca do crime, Jo&atilde;o Lopez, de 41 anos, tamb&eacute;m foi preso por suspeitas de participa&ccedil;&atilde;o no crime. Ele era vizinho da v&iacute;tima e isso facilitou a entrada dos dois homens na casa de Kelle. Na quitinete de Jo&atilde;o Lopes foi encontrada uma bolsa com os documentos da v&iacute;tima escondidos.</span>

Comentários pelo Facebook: