Sobral – 300×100
Seet

Estudantes do Tocantins são premiados durante Olimpíada educacional em Londres

admin -

<span style="font-size:14px;">Um grupo de 13 estudantes do Col&eacute;gio Olimpo de Palmas foram premiados durante competi&ccedil;&atilde;o realizada na Medica School- University College (UCL), em Londres, Inglaterra. Eles foram&nbsp;</span><span style="font-size:14px;">recebidos pelo secret&aacute;rio de Estado da Educa&ccedil;&atilde;o, Ad&atilde;o Francisco de Oliveira, nesta segunda-feira, 13, no Pal&aacute;cio Araguaia.</span><br />
<br />
<span style="font-size:14px;">Os estudantes tocantinenses conquistaram o terceiro lugar geral no campeonato e se destacaram como a primeira escola do Brasil a conseguir o feito. As olimp&iacute;adas reuniram 15 escolas brasileiras e 44 equipes de v&aacute;rios pa&iacute;ses. As provas envolveram desde conhecimento da l&iacute;ngua inglesa (incluindo prova de soletra&ccedil;&atilde;o) e apresenta&ccedil;&otilde;es culturais.&nbsp;<br />
<br />
O secret&aacute;rio Ad&atilde;o Francisco destacou a conquista dos alunos e disse que a premia&ccedil;&atilde;o &eacute; justa por tudo que os estudantes representam para o Tocantins e para o mundo como est&iacute;mulo de aprendizado.&nbsp; <em>&ldquo;&Eacute; um orgulho para todos n&oacute;s saber que estudantes do Tocantins conquistaram esse m&eacute;rito, principalmente porque a partir de agora o nosso estado vive uma nova pol&iacute;tica de ensino, no que diz respeito a educa&ccedil;&atilde;o integral e humanizada&rdquo;</em>, pontuou.<br />
<br />
De acordo com a diretora da escola, Bianca Canedo, os estudantes se prepararam durante dois meses para a competi&ccedil;&atilde;o e se esfor&ccedil;aram para conquistar a premia&ccedil;&atilde;o. Ela defende uma matriz curricular diferenciada, que al&eacute;m de proporcionar mais tempo pedag&oacute;gico, permita inserir disciplinas como empreendedorismo para os estudantes de Ensino M&eacute;dio. Temos certeza que a partir desse novo cen&aacute;rio educacional no Tocantins, em breve, outras escolas tamb&eacute;m v&atilde;o se destacar&rdquo;, disse.<br />
<br />
Incentivador da participa&ccedil;&atilde;o dos estudantes, o professor&nbsp; Nathan de Carvalho, explicou que a inten&ccedil;&atilde;o &eacute; disseminar pr&aacute;ticas inovadoras de empreendedorismo e est&iacute;mulo dentro da escola. &quot;<em>Fomos o terceiro lugar competindo inclusive contra equipes de diversos pa&iacute;ses. A pr&oacute;pria University reconheceu a conquista desses estudantes&rdquo;</em>, refor&ccedil;ou.<br />
<br />
Para a estudante e competidora, Vit&oacute;ria Silva, de 14 anos, o reconhecimento do Governo do estado, bem como da secretaria da Educa&ccedil;&atilde;o, &eacute; construtivo e motivador.&nbsp; <em>&quot;Sa&iacute;mos daqui, com o sentimento de dever cumprido, e principalmente sabendo que vamos servir de exemplo para muitos estudantes e escolas do nosso estado&rdquo;</em>, concluiu.</span>

Comentários pelo Facebook: