Sobral – 300×100
Seet

Josi Nunes diz que terceirização é uma realidade e não prejudica trabalhador; empresas públicas são excluídas

admin -

<span style="font-size:14px;">A deputada federal Josi Nunes(PMDB/TO) votou favor&aacute;vel ao destaque que retirou as empresas p&uacute;blicas, as sociedades de economia mista e suas subsidi&aacute;rias do Projeto PL 4330/04 que amplia a terceiriza&ccedil;&atilde;o. A altera&ccedil;&atilde;o da proposta foi aprovada por 360 votos a 47, na noite desta ter&ccedil;a-feira,14.<br />
<br />
Para a peemedebista, que votou seguindo a orienta&ccedil;&atilde;o do partido, a terceiriza&ccedil;&atilde;o &eacute; uma realidade, mas precisa ser feita com seguran&ccedil;a e responsabilidade, por isso ela defendeu e foi favor&aacute;vel ao destaque retirou as empresas p&uacute;blicas, as sociedades de economia mista. <em>&ldquo;O que a C&acirc;mara dos Deputados esta fazendo &eacute; colocar ordem e regulamentar o que j&aacute; existe e n&atilde;o deixar&aacute; de existir, garantindo direitos e deveres as partes: contratante, contratada e trabalhadores.&nbsp; &Eacute; uma caracter&iacute;stica e necessidade do mundo moderno.&nbsp; Quero refor&ccedil;ar, n&atilde;o estamos criando a roda, a terceiriza&ccedil;&atilde;o existe no Brasil, mas h&aacute; uma inseguran&ccedil;a jur&iacute;dica, pois falta uma legisla&ccedil;&atilde;o, o que tem provocado uma s&eacute;rie de&nbsp; a&ccedil;&otilde;es trabalhistas e incertezas para as empresas</em>&rdquo; , explicou.<br />
<br />
Ao contr&aacute;rio do quem vem sendo propagado, a&nbsp; parlamentar disse que o projeto n&atilde;o prejudica o trabalhador. <em>&ldquo;Uma grande argumenta&ccedil;&atilde;o contra o projeto &eacute; que o texto torna prec&aacute;ria as&nbsp; rela&ccedil;&otilde;es de trabalho. Com o projeto atual, eu digo que n&atilde;o ocorre, pelo contr&aacute;rio, a falta de regulamenta&ccedil;&atilde;o sim, leva a &ldquo;precariza&ccedil;&atilde;o&rdquo;, pois&nbsp; abre espa&ccedil;o para que o empregador explore a for&ccedil;a de trabalho de quem necessita de emprego</em>&rdquo;, frisou.<br />
<br />
Josi disse ainda que a terceiriza&ccedil;&atilde;o contribui para formalizar as rela&ccedil;&otilde;es de trabalho. <em>&ldquo;N&atilde;o se fala em terceirizar a sa&uacute;de ou educa&ccedil;&atilde;o, que sou totalmente contra.&nbsp; O projeto atinge empresas privadas, n&atilde;o se aplica a administra&ccedil;&atilde;o publica direta, autarquias e funda&ccedil;&otilde;es&rdquo;</em>, completou.<br />
<br />
O projeto continua na pauta do Plen&aacute;rio nesta quarta-feira, 15. Os parlamentares voltam a se reunir a partir das 14 horas para debaterem os 27 destaques e as 6 emendas aglutinativas apresentada ao Projeto.</span>

Comentários pelo Facebook: