Seet
Sobral – 300×100

Homem ameaça atirar na cabeça do deputado Wanderlei Barbosa; colegas se solidarizam

admin -

<span style="font-size:14px;">O deputado estadual do Tocantins Wanderlei Barbosa (SD) disse, nesta quarta-feira (15), ter sofrido</span><span style="font-size:14px;">&nbsp;amea&ccedil;a de morte </span><span style="font-size:14px;">por telefone ap&oacute;s fazer den&uacute;ncias de supostas irregularidades na capital. Em solidariedade, o presidente da Assembleia, deputado Osires Damaso (DEM), colocou a Pol&iacute;cia Legislativa &agrave; disposi&ccedil;&atilde;o de Wanderlei e informou que vai enviar of&iacute;cio ao Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual (MPE) e &agrave; Pol&iacute;cia Civil para que apurem o caso.<br />
<br />
De acordo com o parlamentar, um homem que se identificou como Ne&iacute;lton ligou para seu celular &agrave;s 15h03 desta quarta-feira, insultando-o e disse que atiraria em sua cabe&ccedil;a. De posse do n&uacute;mero que originou a liga&ccedil;&atilde;o e com os testemunhos de duas pessoas, que a ouviram no viva-voz, Wanderlei contou ter ido a uma delegacia de pol&iacute;cia para registrar a ocorr&ecirc;ncia.<br />
<br />
O deputado lembrou que fez recentemente den&uacute;ncias de supostas irregularidades na Funda&ccedil;&atilde;o Municipal de Esporte e Lazer de Palmas. A atitude causou rea&ccedil;&atilde;o na C&acirc;mara Municipal, inclusive com ataques pessoais pela imprensa. O deputado relatou ainda que o port&atilde;o da casa de seu filho foi vandalizado com picha&ccedil;&otilde;es e pedras.<br />
<br />
Em recado direto aos autores da amea&ccedil;a, o deputado declarou que vai se calar apenas quando os recursos do munic&iacute;pio forem aplicados &ldquo;de modo honesto e coerente&rdquo;. Wanderlei negou que sua atitude seja uma quest&atilde;o pessoal contra advers&aacute;rios pol&iacute;ticos e lembrou que uma das fun&ccedil;&otilde;es do Legislativo &eacute; fiscalizar o Poder P&uacute;blico.<br />
<br />
O deputado recebeu manifesta&ccedil;&otilde;es de solidariedade dos demais parlamentares, a quem agradeceu e reafirmou que n&atilde;o vai recuar em sua atua&ccedil;&atilde;o.</span>

Comentários pelo Facebook: